Notícias

Ao avaliar 2016, Imbassahy relembra destaque do PSDB nas eleições municipais de 2016

Destaque nas eleições municipais de 2016, o PSDB foi consolidado como o grande vencedor nas maiores cidades do país. A legenda conquistou 804 cidades, o que equivale a 15,5% a mais do que em 2012. No total, o partido vai governar para mais de 34 milhões de cidadãos. Faltando pouco para acabar o ano, o líder do PSDB na Câmara, Antonio Imbassahy (BA), ressalta o bom desempenho do partido ao avaliar 2016. O deputado ainda aponta os desafios dos eleitos a partir do ano que vem.

Destaque nas eleições municipais de 2016, o PSDB foi consolidado como o grande vencedor nas maiores cidades do país. A legenda conquistou 804 cidades, o que equivale a 15,5% a mais do que em 2012. No total, o partido vai governar para mais de 34 milhões de cidadãos. Faltando pouco para acabar o ano, o líder do PSDB na Câmara, Antonio Imbassahy (BA), ressalta o bom desempenho do partido ao avaliar 2016. O deputado ainda aponta os desafios dos eleitos a partir do ano que vem.

“Agora, o que vem pela frente são as gestões. O que interessa são as boas gestões. As administrações regionais pelos prefeitos eleitos. Não apenas pelo PSDB, mas que todos os partidos brasileiros possam fazer. Servir para a população”, enfatizou.

Imbassahy ainda ressaltou a contribuição do Congresso Nacional para frear a recessão econômica no Brasil.

“Vivemos uma crise histórica, uma crise inimaginável com o desemprego – mais de 12 milhões de brasileiros, descrédito na política. Tudo isso tem que ser superado. Vai demorar um tempo maior para que o Congresso cumpra com as suas obrigações votando as medidas, e muitas delas já foram votadas – e muitas ainda serão. Reformas políticas, reformas da estrutura da economia. Isso que nós estamos fazendo aqui no Congresso Nacional”, disse.

Ao total, o PSDB vai governar para 34,4 milhões de eleitores em todo país. São mais de 14 milhões só na região Metropolitana de São Paulo. Ao contrário dos tucanos, o PT foi o maior derrotado nas eleições de 2016. A queda foi de 60%, e o partido não elegeu nenhum candidato que disputou o segundo turno.

Fonte: Site do PSDB

Link para ler no original: http://bit.ly/2hk6Cek