Notícias

Bancada do PSDB na Câmara fecha questão a favor da PEC da responsabilidade fisca

Bancada do PSDB na Câmara fecha questão a favor da PEC da responsabilidade fiscal

Em reunião realizada na terça-feira (5), a bancada do PSDB decidiu, por unanimidade, fechar questão a favor da PEC 241, que estabelece limites para gastos como forma de equilibrar as contas públicas. A proposta será votada na próxima semana. De acordo com o líder do PSDB, Antonio Imbassahy (BA), a PEC é fundamental para a recuperação da economia.

5 de outubro de 2016

Em reunião realizada na terça-feira (5), a bancada do PSDB decidiu, por unanimidade, fechar questão a favor da PEC 241, que estabelece limites para gastos como forma de equilibrar as contas públicas. A proposta será votada na próxima semana.

De acordo com o líder do PSDB, Antonio Imbassahy (BA), a PEC é fundamental para a recuperação da economia. “Na reunião da bancada, o fechamento de questão a favor da PEC foi proposto pelos próprios deputados em razão da urgente necessidade de recuperar a economia e corrigir o descalabro que os governos do PT provocaram nas contas públicas”, afirmou Imbassahy.

Para Imbassahy, a aprovação da PEC é uma sinalização importante de que o país caminha para sair da recessão e reverter os efeitos dela, como o desemprego.

“A proposta será um marco na gestão pública como foi a Lei de Responsabilidade Fiscal. Os governos do PT elevaram os gastos a níveis insuportáveis para a sociedade, que nunca pagou tanto imposto, e reduziram drasticamente a capacidade de investimento do país. O PSDB dará a sua contribuição para aprovar a PEC porque ela é importante para o Brasil”, afirmou o líder do PSDB na Câmara.

Imbassahy afirmou ainda ser “inacreditável que o PT, depois de arruinar a economia e desviar dinheiro público em um nível de corrupção nunca visto, ainda tente disseminar a mentira de que a PEC irá reduzir recursos para a Saúde e Educação. Muito pelo contrário, essas áreas serão preservadas e priorizadas”.

*Do portal do PSDB na Câmara

Fonte: Site do PSDB

Link para ler no original: http://bit.ly/2dy6SRQ