Notícias

Bruno Araújo promete entrega de 705 obras prioritárias em todo o Brasil até 2018

O ministro das Cidades, Bruno Araújo (PSDB), entregou nesta quinta-feira (12) ao Palácio do Planalto uma lista com 705 obras prioritárias de saneamento e mobilidade urbana, em todo o Brasil, que deverão ser concluídas e entregues até 2018. No período, também serão entregues milhares de empreendimentos do programa habitacional Minha Casa, Minha Vida. Em sua página oficial no Facebook, o ministro afirmou que um dos maiores obstáculos ao crescimento e desenvolvimento brasileiro são as dezenas de obras paradas, espalhadas por todas as regiões do país.

Brasília (DF) – O ministro das Cidades, Bruno Araújo (PSDB), entregou nesta quinta-feira (12) ao Palácio do Planalto uma lista com 705 obras prioritárias de saneamento e mobilidade urbana, em todo o Brasil, que deverão ser concluídas e entregues até 2018. No período, também serão entregues milhares de empreendimentos do programa habitacional Minha Casa, Minha Vida.

Em sua página oficial no Facebook, o ministro afirmou que um dos maiores obstáculos ao crescimento e desenvolvimento brasileiro são as dezenas de obras paradas, espalhadas por todas as regiões do país.

“A paralisia gera decepção e frustração entre a população. Nesse sentido, resolvemos planejar e focar. Entregamos hoje no Palácio do Planalto uma lista com as 705 obras prioritárias de saneamento e mobilidade que devem ser concluídas até 2018 – sem contar com outras dezenas de milhares de residências do Minha Casa, Minha Vida e outras ações que também serão entregues em dois anos”, destacou.

O tucano também colocou a eficiência na gestão como uma prioridade do governo federal para atender melhor a população. “Essa é uma decisão que procura atender aos brasileiros, que exigem e merecem eficiência dos gestores públicos”, completou.

Desde que Bruno Araújo assumiu o Ministério das Cidades, o governo entregou mais de 170 mil unidades habitacionais do Minha Casa, Minha Vida na faixa 1 do programa, destinada às famílias mais carentes, beneficiando mais de 700 mil pessoas. Já para 2017, serão contratadas mais de 500 mil residências, em todas as faixas do programa.

Fonte: Site do PSDB

Link para ler no original: http://bit.ly/2jqIJil