Notícias

Candidata do PSDB em Campo Grande, Rose Modesto vai priorizar saúde, educação e mobilidade urbana

Saúde, educação e mobilidade urbana. Estas serão as prioridades de Rose Modesto, candidata do PSDB à prefeitura de Campo Grande, caso vença as eleições na capital sul-mato grossense. Com a experiência de ter sido vice-governadora e Secretária de Estado de Direitos Humanos, Assistência Social e Trabalho (SEDHAST) do governo de Reinaldo Azambuja (PSDB), Rose acredita que um importante projeto desenvolvido pela gestão tucana no estado pode ser fundamental para a recuperação da saúde de Campo Grande: a Caravana da Saúde.

20 de setembro de 2016

Saúde, educação e mobilidade urbana. Estas serão as prioridades de Rose Modesto, candidata do PSDB à prefeitura de Campo Grande, caso vença as eleições na capital sul-mato grossense. Com a experiência de ter sido vice-governadora e Secretária de Estado de Direitos Humanos, Assistência Social e Trabalho (SEDHAST) do governo de Reinaldo Azambuja (PSDB), Rose acredita que um importante projeto desenvolvido pela gestão tucana no estado pode ser fundamental para a recuperação da saúde de Campo Grande: a Caravana da Saúde.

“Nós vamos trazer o projeto da Caravana [da Saúde], que é um programa que nós já fizemos no governo do estado, e que é uma forma de a gente poder atender às demandas reprimidas que existem em Campo Grande. Também vamos entregar um centro de especialidades médicas, com 14 especialidades diferentes e um centro de diagnóstico. Esse é nosso programa. Nós não vamos terceirizar a saúde em Campo Grande. Nós vamos valorizar o nosso servidor”, destacou a tucana.

A candidata pela coligação Juntos por Campo Grande (PSDB-PR-PDT-PSB-PRB-PSL-SD) também destacou que o número de médicos na rede pública de saúde é um problema a ser enfrentado pela prefeitura. “Os postos de saúde aqui não funcionam, nós tivemos 300 médicos que pediram demissão um ano atrás, então [nosso objetivo] é retomar, buscar esse número de médicos de volta, que é o que se precisa para atender ao mínimo necessário”, avaliou Rose.

Em seu plano de governo, a candidata à prefeitura de Campo Grande ainda destaca a necessidade de um atendimento humanizado e de qualidade nos postos de saúde, a adequação das estruturas físicas da rede municipal, a conclusão do Hospital do Trauma e do Hospital do Câncer e ao atendimento às famílias da zona rural do município como alguns dos principais objetivos para o setor. “72% da população fala que a prioridade tem que ser a saúde, então nós vamos reestruturar a saúde em Campo Grande”, resumiu.

Educação

Bacharel em História, Rose Modesto lecionou em sete escolas da rede pública em Campo Grande. Tendo sua própria trajetória pessoal como referência, a tucana vê a valorização do professor como um ponto de extrema importância para o desenvolvimento educacional no município.

“Uma outra prioridade no nosso governo é cumprir o piso nacional do professor por 20 horas. Nós temos uma lei municipal que foi aprovada três anos atrás, mas não foi cumprida. Então hoje nós queremos o nosso professor trabalhando 20 horas e ganhando o salário de 40 horas semanais. Esse é um compromisso que nós já firmamos”, ressaltou Rose Modesto, também apontando para a necessidade de descentralizar a distribuição da merenda escolar e de realizar eleições diretas para a escolha dos diretores das escolas como prioridades de sua administração para a educação de Campo Grande.

Mobilidade Urbana

Os problemas do trânsito campo-grandense também são motivo de preocupação de Rose Modesto. A candidata vê o alto número de veículos particulares aliado a uma precária estrutura pública como grandes desafios à mobilidade urbana da capital. “Campo Grande é uma cidade que tem aproximadamente 900 mil pessoas e nós temos quase 500 mil veículos. Não foi pensada, não foi planejada, há 10, 15 anos, a questão do trânsito, e hoje a gente tem sofrido muito, com sinalização velha, antiga. Então, a mobilidade urbana terá, dentro da nossa administração, um olhar especial nessa área da infraestrutura”, ponderou.

O plano de gestão da tucana propõe melhorias no sistema de transporte coletivo, a ampliação e melhoria de ciclovias e ciclofaixas e a redução do tempo de deslocamento das viagens feitas por ônibus como algumas das formas de reduzir os problemas de mobilidade na cidade.

Experiência

A candidata do PSDB vê o conhecimento adquirido no governo de Mato Grosso do Sul como um diferencial para o sucesso de seus projetos na capital do estado. Em sua visão, a transparência, o planejamento, o olhar técnico para a administração pública e a prioridade às pessoas são os principais aspectos aplicados pelo governo estadual que devem ser levados para a administração municipal.

“O mais importante de destacar é exatamente o modelo organizado de governar [no estado], de forma transparente, porque a transparência tira, acaba um pouco com a desconfiança que a população hoje tem da classe política. Eu acredito que a política ainda é o maior instrumento de transformação. Agora, precisa estar nas mãos das pessoas certas. Então eu vou trabalhar incansavelmente para ser uma das pessoas que ocupam cargo público que vai ajudar a resgatar a confiança que a classe política vem perdendo ao longo dos anos”, concluiu a tucana.

Fonte: Site do PSDB

Link para ler no original: http://bit.ly/2cFQRdj