Notícias

Candidata à Prefeitura de Natal, Márcia Maia vai priorizar saúde e segurança pública em sua gestão

Com larga experiência administrativa e amplo conhecimento das principais prioridades para o Rio Grande do Norte, a socióloga e deputada estadual Márcia Maia (PSDB-RN) disputa pela primeira vez uma eleição majoritária em Natal, apesar de exercer seu quinto mandato como deputada estadual. Para elaborar seu plano de governo, que tem como ênfase ações na área da saúde e segurança pública, a tucana participou de uma série de reuniões temáticas com especialistas, ex-gestores e representantes de comunidades de Natal e região metropolitana para aprofundar formular propostas que otimizem a administração pública.

23 de setembro de 2016

Com larga experiência administrativa e amplo conhecimento das principais prioridades para o Rio Grande do Norte, a socióloga e deputada estadual Márcia Maia (PSDB-RN) disputa pela primeira vez uma eleição majoritária em Natal, apesar de exercer seu quinto mandato como deputada estadual. Para elaborar seu plano de governo, que tem como ênfase ações na área da saúde e segurança pública, a tucana participou de uma série de reuniões temáticas com especialistas, ex-gestores e representantes de comunidades de Natal e região metropolitana para aprofundar formular propostas que otimizem a administração pública.

A candidata defende uma gestão moderna, transparente, participativa e com foco nos resultados. “Além de oferecer o bem-estar com a devolução da cidade ao natalense, vamos promover profundos investimentos em áreas críticas da vivência do cidadão, como saúde e segurança pública. Além disso, vamos dar o valor merecido à educação e aos servidores públicos como ações estruturantes para que essas políticas públicas possam servir melhor à população”, afirmou Márcia.

Entre as várias propostas de Márcia para Natal, estão o ensino em tempo integral e programas como o “Agente Escolar” e o “Saúde na Escola”. A candidata tucana também defende investimentos na atenção de saúde básica, pediatras incluídos nas equipes do Programa Saúde da Família, reestruturação da Guarda Municipal e o projeto “Vem Pra Praça”.

Uma das propostas da candidata é implementar o “Remédio em Casa”, programa que vai levar os medicamentos às casas dos pacientes que precisam de atenção especial de saúde. A prefeitura pretende firmar convênios com empresas de moto-entrega para viabilizar a chegada dos remédios de uso continuado, como os de diabetes e hipertensão, especialmente para idosos ou pessoas com dificuldades de locomoção. “Vou fazer o que já deveria ter sido feito em Natal, implantando o programa ‘Remédio em Casa’. O sistema é simples. Serão atendidos idosos e pessoas com dificuldade de locomoção nas áreas de cobertura do programa Saúde da Família, depois de avaliação médica”, disse a candidata.

A deputada também quer implantar Centros Clínicos com atendimentos especializados na capital do Rio Grande do Norte, incluindo cardiologistas. “A saúde será tratada com a prioridade de quem prioriza a vida”, afirma a candidata.

“Natal merece uma administração que pense nas pessoas. A população merece respeito, não mais quatro anos de maquiagem nos principais corredores e abandono nas demais regiões da cidade. Por isso, vamos realizar uma gestão transformadora e que priorize o cidadão, com projetos e ações capazes de mudar a realidade de Natal para voltar avançar na direção do desenvolvimento”, ressaltou Márcia.

Ao lado do candidato a vice-prefeito Luiz Gomes (PEN), a tucana disputa a prefeitura pela coligação “A Favor de Natal” que tem o apoio de outros quatro partidos: PEN, PP, PMB e PTdoB.

Deputada estadual em seu quinto mandato, Márcia é formada em Ciências Sociais pela UFRN. Ao longo de sua vida pública, ocupou diversos cargos nos governos estadual e municipal, com destaque para o tempo em que ficou à frente da Secretaria Estadual do Trabalho, Habitação e Assistência Social (Sethas), entre os anos de 2003 e 2005. A tucana foi a primeira mulher da história a ocupar a presidência da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte.

Fonte: Site do PSDB

Link para ler no original: http://bit.ly/2dfDaR0