Notícias

Proposta do prefeito de São Paulo João Doria (PSDB) é combater as enchentes com a construção de 21 piscinões em Moema, Sumaré, av. Brasil e Vale do Anhangabaú.

Combate a enchentes: Doria defende piscinões na área central de SP

O prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB), pretende combater as enchentes na capital paulista com a construção de 21 piscinões e pôlderes (diques com bombas de drenagem) nas áreas centrais da cidade. Segundo reportagem do jornal Folha de S. Paulo, entre os lugares previstos para os futuros reservatórios estão Moema (sul), Sumaré (oeste) e av. Brasil (oeste). O vale do Anhangabaú (centro) também entrou nas prioridades do tucano.

Combate a enchentes: Doria defende piscinões na área central de SP

O prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB), pretende combater as enchentes na capital paulista com a construção de 21 piscinões e pôlderes (diques com bombas de drenagem) nas áreas centrais da cidade.

Segundo reportagem do jornal Folha de S. Paulo, entre os lugares previstos para os futuros reservatórios estão Moema (sul), Sumaré (oeste) e av. Brasil (oeste). O vale do Anhangabaú (centro) também entrou nas prioridades do tucano.

Doria afirmou, segundo o jornal, que pretende concluir os piscinões já iniciados pelo prefeito anterior. As obras têm o objetivo de elevar em 50% a captação de água na cidade. Para isso, o prefeito explicou que pretende contar com parcerias no governo de Geraldo Alckmin (PSDB).

De acordo com o jornal, os reservatórios são eficientes para a retenção de água. No entanto, há preocupações urbanísticas como a constante necessidade de limpeza e a perda de espaços públicos.

São Paulo tem hoje 19 áreas com piscinas de retenção. Doria pretende construir mais 11 em áreas no centro expandido da cidade. A prefeitura já projetou grande parte das construções, o que deve agilizar o trabalho do tucano. Outro compromisso do prefeito é cuidar da manutenção e limpeza da rede de galerias pluviais e revitalizar córregos.

Clique aqui para ler a íntegra da matéria no jornal Folha de S. Paulo.

Fonte: Site do PSDB

Link para ler no original: http://bit.ly/2ghe0WS