Notícias

Economistas projetam inflação abaixo do teto da meta pela primeira vez em mais de um ano

Pela primeira vez em mais de um ano, as projeções de analistas do mercado indicam que o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) deste ano ficará abaixo do teto estabelecido, de 6,5%. De acordo com as estimativas desses especialistas, divulgadas no Boletim Focus, do Banco Central, nesta segunda-feira (19), a inflação do período será de 6,49%.

Pela primeira vez em mais de um ano, as projeções de analistas do mercado indicam que o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) deste ano ficará abaixo do teto estabelecido, de 6,5%. De acordo com as estimativas desses especialistas, divulgadas no Boletim Focus, do Banco Central, nesta segunda-feira (19), a inflação do período será de 6,49%.

Como destaca matéria publicada pelo portal G1, a última vez em que as expectativas para o IPCA estiveram em um patamar inferior ao limite determinado foi em 13 de novembro do ano passado.

Mesmo dentro da meta, o prognóstico dos especialistas revela que o país ainda não conseguiu superar a crise econômica que se espalhou por todo o país durante o governo da ex-presidente Dilma Rousseff. A projeção do mercado continua bem acima da meta da inflação para o ano, que é de 4,5%, mas já é bem inferior à inflação de 2015, que não somente estourou a meta como chegou a 10,67%, o maior nível registrado no Brasil desde 2002.

Para 2017, os economistas preveem uma inflação de 4,90%, ainda acima da meta. Já em relação ao Produto Interno Bruto (PIB) de 2016, as projeções publicadas no Boletim Focus indicam uma queda de 3,48%. Tal queda na atividade econômica marcará a primeira vez na história em que o Brasil registra dois anos seguidos de retração.

Clique aqui para ler a matéria do G1.

Fonte: Site do PSDB

Link para ler no original: http://bit.ly/2iasMvt