Notícias

Em Manaus, Artur enfrenta adversários no último debate em busca de votos dos indecisos

“Esse debate deixou bem claro quem está preparado para administrar a cidade, quem tem os pés no chão, levando em conta a realidade orçamentária e econômica do país. Eu estudei muito para ser diplomata e por amor voltei para Manaus. Foi por amor e é com amor que eu me dirijo a vocês”, essa foi a mensagem final deixada pelo candidato à reeleição, Artur Neto, no encerramento do debate desta quinta-feira, promovido pela Rede Globo/Rede Amazônica.

30 de setembro de 2016

“Esse debate deixou bem claro quem está preparado para administrar a cidade, quem tem os pés no chão, levando em conta a realidade orçamentária e econômica do país. Eu estudei muito para ser diplomata e por amor voltei para Manaus. Foi por amor e é com amor que eu me dirijo a vocês”, essa foi a mensagem final deixada pelo candidato à reeleição, Artur Neto, no encerramento do debate desta quinta-feira, promovido pela Rede Globo/Rede Amazônica.

Foi o último debate da campanha eleitoral que colocou frente à frente sete dos nove candidatos à Prefeitura de Manaus. O prefeito Artur Neto, candidato à reeleição pela coligação Por Uma Só Manaus enfrentou os adversários olho no olho, com respostas rápidas e seguras sobre temas determinados e temas livres. Liderando todas as pesquisas de intenção de voto, Artur mostrou que está pronto para conquistar o voto dos últimos indecisos.

O debate que estava previsto para começar às 22h30, foi iniciado às 23h04, com apresentação do jornalista Heraldo Pereira, da Rede Globo. Artur foi o primeiro a responder sobre o tema iluminação pública, feita pelo candidato Serafim Correa. O candidato disse que já implantou quase 30 mil pontos de iluminação, nos principais corredores do transporte público para garantir mais segurança. Disse ainda que a iluminação a LED já está chegando aos bairros e que deverá concluir todos os pontos de iluminação até 2020.

“Eu ganhei quase 200 direitos de resposta da Justiça porque durante a campanha o candidato Marcelo disse mentiras a meu respeito, mentiu sobre os R$ 5 bilhões”, afirmou o candidato à reeleição, Artur Neto, durante o debate promovido pela Rede Globo/Rede Amazônica de Televisão na noite desta quinta-feira. “E eu tenho em mãos uma certidão da Justiça Eleitoral comprovando que o senhor tem o apoio do governador José Melo e do partido dele, o PROS”, afirmou.

Artur também falou sobre geração de emprego e renda afirmando que sua atual administração investiu em 110 mil bolsas universidades, idiomas e pós-graduação, estimulou o microempreendedorismo para os camelôs e que vai criar o programa primeira empresa. Todos programas voltados a gerar emprego e promover a empregabilidade.

A educação foi tema entre Marcelo e Serafim que, ao responder sobre a proposta de educação de tempo integral disse que ainda são necessárias muitas etapas para que Manaus pense em escola de tempo integral.

Artur também falou da Cidade Inteligente como instrumento para, também, combater a burocracia no serviço público e favorecer a transparência. “Investimos na aquisição de um data center poderoso e a partir deles implantamos a base da cidade inteligente, facilitando a vida de dos contribuintes, usuários do sistema de saúde, educação, entre outros. Vamos colocar Manaus definitivamente no século XXI”.

Com o direito de resposta à acusação feita por José Ricardo de desvio de recursos da saúde, Arthur disse: “O senhor confundiu o meu governo com o governo federal anterior ou confundiu com o governo do estado que está encalacrado com a corrupção que está sendo combatida pela Polícia Federal que envolve também o senador Omar Aziz”, afirmou.

“Quem não tem transparência? Quem finge que não sabe que houve 31% de inflação, reajuste e aumento real para servidores e a injeção de mais de R$ 800 milhões para a Previdência? Ou não é transparente ou realmente não está preparado para a administrar”, disse Artur. Ele também esclareceu que a empresa contratada para prestar serviços à saúde, mesmo que não tenha sido encontrada nenhuma irregularidade, foi descontratada por conta do envolvimento de seus proprietários com o caso maus caminhos. “Eu determinei que o contrato fosse desfeito imediatamente”, disse.

“Nós trabalhamos visitando as pessoas, conhecendo o ambiente familiar, trabalhamos em conjunto com os Conselhos Tutelares. Temos visitas, atendimentos médicos e atendimento psicológico para que os traumas sejam superados”, disse o prefeito sobre a política de proteção às mulheres e às crianças vítimas de violência. Manaus possui uma rede de assistência social, que conta com cinco Centros de Referências Especializados de Assistência Social e outros 20 Centros de Referência de Assistência Social que atuam na prevenção e na atenção às mulheres e crianças vítimas de violência. Este ano inaugurou o Centro de Referência e Defesa da Mulher. Artur convidou o deputado José Ricardo a visitar essas instalações e conhecer o trabalho que é desenvolvido.

Fonte: Site do PSDB

Link para ler no original: http://bit.ly/2dFKW76