Notícias

Equipe econômica de Dilma pode ser punida pelo TCU por pedaladas fiscais

Membros da equipe econômica do governo Dilma Rousseff podem ser punidos pelo Tribunal de Contas da União (TCU) no processo que investiga as pedaladas fiscais na gestão petista. De acordo com matéria do jornal Correio Braziliense desta sexta-feira (23), o ministro José Múcio Monteiro, relator da matéria, está disposto a recomendar sanções para o ex-secretário do Tesouro Nacional Arno Augustin, para o ex-presidente do Banco Central Alexandre Tombini e para o ex-ministro da Fazenda Guido Mantega. O caso será avaliado na próxima quarta-feira (28) pelo plenário da Corte.

23 de setembro de 2016

Membros da equipe econômica do governo Dilma Rousseff podem ser punidos pelo Tribunal de Contas da União (TCU) no processo que investiga as pedaladas fiscais na gestão petista. De acordo com matéria do jornal Correio Braziliense desta sexta-feira (23), o ministro José Múcio Monteiro, relator da matéria, está disposto a recomendar sanções para o ex-secretário do Tesouro Nacional Arno Augustin, para o ex-presidente do Banco Central Alexandre Tombini e para o ex-ministro da Fazenda Guido Mantega. O caso será avaliado na próxima quarta-feira (28) pelo plenário da Corte.

Segundo o jornal, Monteiro deve sugerir aos ministros que Mantega – também investigado pela Operação Lava Jato por ser acusado de pedir propina de US$ 2,35 milhões para pagar dívidas de campanha do PT – e Augustin sejam multados e impedidos de ocupar cargo na administração pública. Já para Tombini, o relator deve imputar uma multa e ainda analisa a possibilidade de punição mais severa. Os três são apontados como os responsáveis pelas operações ilegais de crédito entre a União e os bancos públicos (Caixa, Banco do Brasil e BNDES) para pagar compromissos do governo petista com programas, por exemplo, como Bolsa Família, Safra Agrícola e PSI.

Clique aqui para ler a íntegra da matéria.

Fonte: Site do PSDB

Link para ler no original: http://bit.ly/2dgGory