Notícias

Ex-ministro passou informações de reunião fechada com Dilma para empreiteiro alvo da Lava Jato

O ex-ministro da Secretaria de Comunicação Social, Thomas Traumann, repassou ao empreiteiro Otávio Azevedo informações sobre uma reunião fechada de ministros com a presidente afastada Dilma Rousseff em outubro de 2011. Azevedo é ex-presidente da Andrade Gutierrez e investigado pela operação Lava Jato. As informações estão em reportagem da Folha de S. Paulo desta quarta-feira (13), que relata que a transcrição das mensagens está em um relatório da Polícia Federal.

13 de julho de 2016

O ex-ministro da Secretaria de Comunicação Social, Thomas Traumann, repassou ao empreiteiro Otávio Azevedo informações sobre uma reunião fechada de ministros com a presidente afastada Dilma Rousseff em outubro de 2011. Azevedo é ex-presidente da Andrade Gutierrez e investigado pela operação Lava Jato. As informações estão em reportagem da Folha de S. Paulo desta quarta-feira (13), que relata que a transcrição das mensagens está em um relatório da Polícia Federal.

Em uma das mensagens, Traumann se refere a uma proposta de construção de um novo aeroporto na Grande São Paulo, no município de Caieiras, operação que poderia afetar os aeroportos de Guarulhos e Viracopos. Esses dois aeroportos foram concedidos à iniciativa privada no primeiro mandato de Dilma.

Em outra conversa, em 2012, o empresário e Traumann falam sobre o novo cargo que o ex-ministro desempenharia no governo Dilma, como porta-voz da Presidência. Também discutem a reforma do estádio Beira-Rio, em Porto Alegre, para a Copa de 2014. A empreiteira à época negociava assumir a reforma em troca de receber parte da gestão do complexo.

Fonte: Site do PSDB

Link para ler no original: http://bit.ly/29JEwEO