Notícias

Governos petistas nunca quiseram discutir educação brasileira, diz Paulo Martins

O Brasil está entre os piores países do mundo na qualidade do ensino de matemática e ciências. O levantamento, divulgado pelo Fórum Econômico Mundial, na Suíça, mostra que os 13 anos de governos petistas não produziram nenhum avanço para a educação brasileira. Para o  deputado federal tucano Paulo Martins, do Paraná, indicadores como esse mostram que as gestões petistas nunca quiseram discutir a educação brasileira para valer. “Na verdade, nosso sistema público de ensino está desenhado para produzir analfabetos funcionais em massa”, afirma Martins.

8 de julho de 2016

O Brasil está entre os piores países do mundo na qualidade do ensino de matemática e ciências. O levantamento, divulgado pelo Fórum Econômico Mundial, na Suíça, mostra que os 13 anos de governos petistas não produziram nenhum avanço para a educação brasileira.

Para o  deputado federal tucano Paulo Martins, do Paraná, indicadores como esse mostram que as gestões petistas nunca quiseram discutir a educação brasileira para valer. “Na verdade, nosso sistema público de ensino está desenhado para produzir analfabetos funcionais em massa”, afirma Martins.

Para ele, não se debate educação a sério no Brasil. “Toda discussão é voltada apenas para a questão de orçamento. Não se discutem métodos, qualidade do material, imposição de responsabilidades para os alunos e premiação de professores mais competentes”, afirma.

De acordo com o estudo do Fórum, em relação à qualidade do ensino de matemática e ciências, o Brasil ficou na posição de número 133 entre 139 países avaliados. Em comparação com o levantamento de 2014, o país perdeu duas posições.

“Não me surpreende. Isso é reflexo de escolhas da educação brasileira. Qualquer discussão mais ampla é rejeita pelos sindicatos de professores que atua nas escolas apenas para formar militância política. O ensino mesmo é deixado de lado.”

Fonte: Site do PSDB

Link para ler no original: http://bit.ly/29H4JUj