Notícias

“É hora de união com um único objetivo: Trabalhar por Manaus”, destaca Artur Virgílio Neto

Em cerimônia realizada na tarde segunda-feira (19), o prefeito reeleito de Manaus, Artur Virgílio Neto (PSDB), foi diplomado pela Justiça Eleitoral para mais quatro anos à frente da administração municipal da capital amazonense. O mandato que se inicia no próximo dia 1 de janeiro será o terceiro do tucano no município mais populoso do Norte do país. Além da gestão que se encerra em 2016, Artur Neto também comandou a prefeitura da cidade entre 1989 e 1992.

Em cerimônia realizada na tarde segunda-feira (19), o prefeito reeleito de Manaus, Artur Virgílio Neto (PSDB), foi diplomado pela Justiça Eleitoral para mais quatro anos à frente da administração municipal da capital amazonense. O mandato que se inicia no próximo dia 1 de janeiro será o terceiro do tucano no município mais populoso do Norte do país. Além da gestão que se encerra em 2016, Artur Neto também comandou a prefeitura da cidade entre 1989 e 1992.

Por meio de seu perfil no Facebook, Artur Neto destacou as mudanças vividas por Manaus desde seu primeiro mandato na prefeitura e ressaltou a importância da união na cidade para que a prefeitura possa continuar evoluindo seu trabalho pelos próximos quatro anos. “Da primeira vez que fui eleito a cidade tinha menos de um milhão de habitantes. Hoje, Manaus tem 2 milhões de habitantes e é uma das principais cidades do País. Foi minha 13ª eleição, com nove vitórias”, afirmou.

“Chego ao terceiro mandato pensando apenas nos compromissos a serem cumpridos, sem mágoa ou rancor de ninguém. Parabenizo a todos os vereadores, que também foram diplomados hoje. Deixo uma palavra de paz para que possamos melhorar sempre. É hora de união com um único objetivo: Trabalhar por Manaus”, acrescentou o prefeito.

Realizado no auditório do Centro Educacional Século, o evento também marcou a entrega dos diplomas do vice-prefeito eleito, Marcos Rotta (PMDB), e dos 41 vereadores eleitos, entre os quais dois do PSDB: Plínio Valério e Elias Emanuel.

Fonte: Site do PSDB

Link para ler no original: http://bit.ly/2hlYcyV