Notícias

Imbassahy diz que processos de Pasadena estão bem vivos

O líder do PSDB na Camara, Antonio Imbassahy, contesta declaração da ex-presidente Dilma Rousseff dando conta de que os processos relacionados a mal sucedida aquisição da refinaria de Pasadena é coisa do passado, e estão arquivados. Imbassahy tem mantido contato com o Tribunal de Contas da Uniao e garante que providencias de penalizaçao dos responsáveis pela negociata estão sendo adotadas e o caso está bem vivo.

25 de setembro de 2016

O líder do PSDB na Camara, Antonio Imbassahy, contesta declaração da ex-presidente Dilma Rousseff dando conta de que os processos relacionados a mal sucedida aquisição da refinaria de Pasadena é coisa do passado, e estão arquivados. Imbassahy tem mantido contato com o Tribunal de Contas da Uniao e garante que providencias de penalizaçao dos responsáveis pela negociata estão sendo adotadas e o caso está bem vivo.

Imbassahy, que foi vice-presidente da CPI da Petrobras, na Camara, em 2015 lembra que no decorrer do funcionamento da Comissao, foram ouvidos vários envolvidos.

“A CPI ouviu Luciano Coutinho, que também foi presidente do Conselho da empresa, e dos ex-dirigentes da estatal, Graça Foster, Sérgio Gabrielli, João Adalberto Elek e Paulo Roberto Costa. Todos citados foram nomeados por Lula e Dilma. Ficou clara a responsabilidade do Conselho de Administração, então presidido por Dilma, na compra de Pasadena. Os relatos foram entregues ao TCU. Ante os fatos comprobatório, o tribunal resolveu tomar providências pedindo o bloqueio dos bens de Dilma e o caso segue para decisão final”, disse Imbassahy.

*Da assessoria do deputado federal Antonio Imbassahy

Fonte: Site do PSDB

Link para ler no original: http://bit.ly/2cPxf4s