Notícias

“Mulheres precisam ser protagonistas e autoras de seus próprios destinos”, dizem jovens tucanas

Com o tema “Selfie – O retrato de uma juventude engajada”, o 2º Congresso Nacional da Juventude do PSDB foi marcado pela reivindicação das jovens tucanas por mais espaço nas Executivas da Juventude nacional, estaduais, municipais e na política Brasil afora. Ao lado do presidente nacional do PSDB, Aécio Neves, do presidente nacional do ITV, senador José Aníbal (PSDB-SP), e do presidente nacional da JPSDB, Henrique Vale, a presidente da Juventude do PSDB de Goiás, Ava Santiago, leu uma carta ao Brasil.

2 de julho de 2016

Brasília (DF) – Com o tema “Selfie – O retrato de uma juventude engajada”, o 2º Congresso Nacional da Juventude do PSDB foi marcado pela reivindicação das jovens tucanas por mais espaço nas Executivas da Juventude nacional, estaduais, municipais e na política Brasil afora. Ao lado do presidente nacional do PSDB, Aécio Neves, do presidente nacional do ITV, senador José Aníbal (PSDB-SP), e do presidente nacional da JPSDB, Henrique Vale, a presidente da Juventude do PSDB de Goiás, Ava Santiago, leu uma carta ao Brasil.

“Hoje, pela primeira vez na história do PSDB, surge um bloco de jovens tucanas que têm suas trajetórias próprias, unidas pela ideia de que estamos em um partido que mudou a história do país, para assumir o desafio de romper com a desigualdade de gênero”, disse Ava.

Aplaudida por todas as jovens tucanas presentes, a presidente da JPSDB-GO destacou que para o Brasil conseguir alcançar a grandeza de seu real tamanho, é preciso romper com os padrões de violência contra a mulher, com a precarização dos postos de trabalho e salários, inferiores aos dos homens, e com o assédio moral e sexual nos espaços públicos.

“Temos a convicção de que todas as mulheres, livres, negras, rurais, precisam ser não apenas protagonistas, mas autoras de nossos próprios destinos, participando ativamente de todos os espaços de decisão do país. A começar pelas executivas de juventude estaduais, municipais e nacionais”, declarou.

Ava Santiago reiterou a certeza de que o PSDB, o partido que criou a primeira Secretaria de Estado dos Direitos da Mulher (SEDIM), durante o governo do presidente Fernando Henrique Cardoso, o partido de Ruth Cardoso, da desembargadora Luislinda Valois, secretária de Políticas de Promoção da Igualdade Racial do Ministério da Justiça e Cidadania, e de milhares de jovens e mulheres em todo o Brasil, tem potencial e qualificação para conduzir o Brasil rumo à igualdade entre homens e mulheres.

“Temos certeza que a juventude e a democracia, esses dois substantivos femininos tão caros a todos nós, dentro do partido que mudou a vida dos brasileiros, mudará também a vida de todas as mulheres”, ressaltou.

O presidente nacional do PSDB, Aécio Neves, destacou o espaço já conquistado pelas mulheres na Executiva Nacional do partido, e se comprometeu a levar a demanda das jovens tucanas adiante. “Cumprimento a todas aqui pela determinação, pela disposição que têm mostrado em fazer algo novo”, completou o senador.

Fonte: Site do PSDB

Link para ler no original: http://bit.ly/29co9gu