Notícias

O deputado federal Eduardo Barbosa (PSDB-MG) acha prematuro as suposições sobre Trump e o temor dos mercados para a economia do Brasil e de países emergentes.

Não é possível perceber os efeitos da eleição de Trump para o Brasil

A eleição do republicano Donald Trump para a presidência dos EUA surpreendeu a todos e causou um cenário de possível instabilidade política e financeira no Brasil e no mundo. Com um discurso populista e polêmico durante o processo eleitoral, a falta de perspectiva do que o novo presidente deve implantar nos próximos anos dificulta para os especialistas futuras projeções sobre o cenário econômico.

Não é possível perceber os efeitos da eleição de Trump para o Brasil

A eleição do republicano Donald Trump para a presidência dos EUA surpreendeu a todos e causou um cenário de possível instabilidade política e financeira no Brasil e no mundo. Com um discurso populista e polêmico durante o processo eleitoral, a falta de perspectiva do que o novo presidente deve implantar nos próximos anos dificulta para os especialistas futuras projeções sobre o cenário econômico.

O deputado federal Eduardo Barbosa (PSDB-MG) acha prematuro fazer suposições neste momento sobre o temor dos mercados para o futuro da economia brasileira e de outros países “emergentes”. “Não acredito que possa criar muitos impactos na relação de comércio exterior do Brasil e Estados Unidos porque é um parceiro importante para os americanos, principalmente porque somos um grande importador deles. Então, não acredito que tenha, a princípio, qualquer tipo de retaliação ou mudança em processos ou contratos existentes. No entanto, acho muito prematuro fazer suposições”, destacou o tucano, que é ex-presidente da Comissão de Relações Exteriores e de Defesa Nacional da Câmara.

De acordo com matéria do jornal Folha de S.Paulo desta segunda-feira (21), a expectativa era de que a eleição de Trump não afetaria o mercado nacional, com a continuidade do avanço da Ibovespa, redução da inflação e da taxa básica de juros, além de leve alta do dólar. No entanto, essas tendências deram lugar a várias incertezas, o que inclui uma disparada do dólar com intervenção do Banco Central para conter a valorização da moeda americana.

Clique aqui para ler a íntegra da matéria.

Fonte: Site do PSDB

Link para ler no original: http://bit.ly/2f1XSYX