Notícias

Nota do líder do PSDB no Senado, Paulo Bauer, sobre os procedimentos da Operação Lava Jato

As lideranças do Partido dos Trabalhadores no Congresso Nacional se empenham em questionar a legitimidade dos procedimentos das autoridades policiais e judiciárias nas investigações e procedimentos da “Operação Lava Jato” em razão de qualquer comentário ou observação que seja feito, a respeito do trabalho dos órgãos responsáveis pela mesma, por autoridades da administração pública federal.

26 de setembro de 2016

As lideranças do Partido dos Trabalhadores no Congresso Nacional se empenham em questionar a legitimidade dos procedimentos das autoridades policiais e judiciárias nas investigações e procedimentos da “Operação Lava Jato” em razão de qualquer comentário ou observação que seja feito, a respeito do trabalho dos órgãos responsáveis pela mesma, por autoridades da administração pública federal.

Tal procedimento não tem outra finalidade a não ser confundir a opinião pública, desviando a atenção da real motivação dos procedimentos.

Ao usarem a fala do ministro da Justiça, Alexandre de Moraes, os líderes petistas agem exatamente com este intuito: confundir a opinião pública. Procuram dar um viés político ao que é essencial e exclusivamente policial e judicial.
A versão de que há uso político não ficará como verdade, pois o ministro Alexandre de Moraes tem se destacado exatamente por seu apoio integral à Operação Lava Jato. Sem argumentos para defesa prévia de denunciados e envolvidos, os líderes do PT tentam deturpar fatos para politizar uma questão jurídica e legal.

Senador Paulo Bauer (SC)
Líder do PSDB no Senado

Fonte: Site do PSDB

Link para ler no original: http://bit.ly/2dovrVg