Notícias

Resultado das urnas representa a grande vitória do PSDB nos últimos anos. Com 803 prefeitos eleitos e mais de 34 milhões de eleitores conquistados.

“Oposição vigorosa ao PT”: PSDB comemora vitória nas urnas

Líderes do PSDB comemoraram nesta segunda-feira (31) a expressiva vitória do PSDB nas eleições municipais, consagrando o partido como o grande vencedor da disputa pelas prefeituras em todo o país. O resultado das urnas, segundo as lideranças tucanas, representa a grande vitória política da sigla nos últimos anos. Com 803 prefeitos eleitos e mais de 34 milhões de eleitores conquistados, o PSDB terá à disposição, em 2017, um orçamento administrado de R$ 160 bilhões de reais.

“Oposição vigorosa ao PT”: PSDB comemora vitória nas urnas

Líderes do PSDB comemoraram nesta segunda-feira (31) a expressiva vitória do PSDB nas eleições municipais, consagrando o partido como o grande vencedor da disputa pelas prefeituras em todo o país. O resultado das urnas, segundo as lideranças tucanas, representa a grande vitória política da sigla nos últimos anos. Com 803 prefeitos eleitos e mais de 34 milhões de eleitores conquistados, o PSDB terá à disposição, em 2017, um orçamento administrado de R$ 160 bilhões de reais.

O PT, principal adversário político do PSDB, perdeu mais da metade das prefeituras que ganhou nas últimas eleições municipais.

Para o líder do governo no Senado, Aloysio Nunes Ferreira (PSDB-SP), o crescimento dos tucanos no âmbito municipal é a prova da qualidade da gestão executada pelo partido nas cidades. Aloysio acrescenta que o PSDB assumiu uma postura de oposição responsável ao longo dos 13 anos de governo do PT, que foi reconhecida pelo eleitor nas urnas.

“Eu atribuo esse crescimento à competência, boa gestão, à qualidade dos nossos prefeitos que foram candidatos à reeleição. E atribuo também à posição correta que o PSDB assumiu na sua política, na sua linha política nacional. O PSDB foi um partido de oposição vigorosa ao “lulopetismo”, que foi derrotado nessas eleições. Evidentemente, nós colhemos a recompensa de uma postura política absolutamente correta”, afirmou o líder.

Além da derrocada do PT, a trajetória de crescimento do PSDB, que em 2012 elegeu 695 prefeitos, é também avaliada pelo secretário-geral do partido, deputado federal Sílvio Torres (SP), como um caminho seguro para as eleições de 2018.

“Foi um momento bastante favorável para o partido, e nós podemos aproveitá-lo para poder nos organizar melhor ainda para 2018, quando nós vamos eleger governadores, senadores, presidente e deputados”, disse Torres. A avaliação é endossada pelo líder do PSDB na Câmara, Antonio Imbassahy (BA).

“É a maior demonstração de confiança da população brasileira num partido que, reconhecidamente, fez relevante serviço ao país e que mantém uma linha programática e destaca muito essa questão da austeridade fiscal, do bom uso do dinheiro público. E por esse trabalho, é que mais uma vez deposita uma grande confiança no PSDB ao consagrá-lo como o partido vitorioso das eleições municipais. Essa mensagem já havia sido passada no primeiro turno das eleições e ela foi reiterada no segundo turno”, disse o deputado.

“O PSDB foi o grande vencedor destas eleições, com mais de 34 milhões de votos, um número recorde que só faz aumentar a nossa responsabilidade para com o pais. O Brasil disse não ao PT e ao seu projeto corrupto de poder. O Partido dos Trabalhadores, a Dilma e o Lula agora são páginas viradas e a palavra de ordem é avançar com ética!”, acrescentou o deputado federal Carlos Sampaio (PSDB-SP).

Fonte: Site do PSDB

Link para ler no original: http://bit.ly/2fqaJVE