Notícias

Para o líder do PSDB, Antonio Imbassahy, a PEC vai evitar a gastança desenfreada vista nos governos petistas.

Para Imbassahy, PEC 241 vai no caminho da reconstrução da economia

O PSDB votou fechado a favor da PEC do Novo Regime Fiscal (241/16), aprovado em segundo turno na Câmara, nessa terça-feira, 25. Para o líder do PSDB, Antonio Imbassahy, a PEC vai evitar a gastança desenfreada vista nos governos petistas. “Essa PEC vai na direção da reconstrução da economia nacional, da busca incessante da geração de emprego e na recuperação da renda das famílias brasileiras”, definiu.

Para Imbassahy, PEC 241 vai no caminho da reconstrução da economia

O PSDB votou fechado a favor da PEC do Novo Regime Fiscal (241/16), aprovado em segundo turno na Câmara, nessa terça-feira, 25. Para o líder do PSDB, Antonio Imbassahy, a PEC vai evitar a gastança desenfreada vista nos governos petistas. “Essa PEC vai na direção da reconstrução da economia nacional, da busca incessante da geração de emprego e na recuperação da renda das famílias brasileiras”, definiu.

Em entrevista à Rádio Metrópole, nesta manhã, Imbassahy disse que a aprovação da proposta foi uma vitória significativa, principalmente por ter ocorrido às vésperas de uma eleição em segundo turno, quando muitos parlamentares estão fora de Brasília, participando das campanhas.

Sobre a oposição feita pela bancada petista, Imbassahy disse que o PT perdeu credibilidade, o que foi atestado no primeiro turno das eleições municipais, e ainda fica disseminando inverdades, ao divulgar que a PEC vai tirar dinheiro da saúde e da educação. “Isso não é verdade, e os petistas sabem disso. Temos que fazer o equilíbrio das contas para o governo ter condições de aplicar melhor os recursos tanto na saúde quanto na educação, concluiu.

O líder informou que a proposta vem sendo chamada de a PEC da responsabilidade do uso do dinheiro público, porque impede a gastança, e o consequente aumento de impostos. Com essa PEC, a gente interrompe esse ciclo, limita os gastos, e o governo passa a aplicar melhor o dinheiro na educação, na saúde e outras áreas prioritárias, melhorando a qualidade dos investimentos. Isso é fundamental. Mais que uma vitória do Congresso e do governo, é uma vitória do Brasil”, afirmou o líder, que se diz convicto de que é o certo a ser feito.

Fonte: Site do PSDB

Link para ler no original: http://bit.ly/2dX18mt