Notícias

D. Paulo Evaristo Arns, o Cardeal da Cidadania

Morreu nesta quarta-feira (14/12), o arcebispo emérito de São Paulo, d. Paulo Evaristo Arns, um dos maiores símbolos da Igreja progressista no Brasil. Chamado de “cardeal da liberdade e da cidadania”, d. Paulo teve participação fundamental no combate à ditadura militar e na pavimentação da democracia no Brasil.

Morreu nesta quarta-feira (14/12), o arcebispo emérito de São Paulo, d. Paulo Evaristo Arns, um dos maiores símbolos da Igreja progressista no Brasil. Chamado de “cardeal da liberdade e da cidadania”, d. Paulo teve participação fundamental no combate à ditadura militar e na pavimentação da democracia no Brasil.

Outro capítulo de sua história é o papel que desempenhou na formação dos dois partidos que nos últimos anos protagonizaram a cena política brasileira: o PSDB e o PT. Entre os tucanos fundadores, d. Paulo tinha proximidade com o ex-governador Franco Montoro e o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso. O arcebispo também celebrou em 2001 uma emocionante missa no Palácio dos Bandeirantes em memória do então governador Mario Covas, com quem também conviveu desde a redemocratização.

Em setembro deste ano, em homenagem aos 95 anos de d. Paulo Evaristo Arns, o Portal ITV publicou uma série especial sobre o cardeal e seus laços com a social-democracia.

Relembre!

Os laços de D. Paulo Evaristo Arns com a social-democracia

Perfil – D. Paulo Evaristo Arns

O Cardeal da Esperança, artigo de Paulo Carvalho

Fonte: Site do PSDB

Link para ler no original: http://bit.ly/2gMAteX