Notícias

Petrobras quer indenização de ex-sócia por prejuízos com refinaria de Pasadena

A Petrobras decidiu entrar com uma ação na Justiça dos Estados Unidos, no final de junho, para cobrar indenização da petroleira belga Astra Oil, ex-sócia da estatal, pelos prejuízos bilionários causados pela compra da refinaria de Pasadena. A decisão foi informada aos órgãos de controle brasileiros nesta semana. Cálculos do Tribunal de Contas da União (TCU) revelaram que o negócio, fechado em 2005, causou um prejuízo de US$ 792 milhões à estatal, o equivalente a R$ 2,6 bilhões.

15 de julho de 2016

Brasília (DF) – A Petrobras decidiu entrar com uma ação na Justiça dos Estados Unidos, no final de junho, para cobrar indenização da petroleira belga Astra Oil, ex-sócia da estatal, pelos prejuízos bilionários causados pela compra da refinaria de Pasadena. A decisão foi informada aos órgãos de controle brasileiros nesta semana.

Cálculos do Tribunal de Contas da União (TCU) revelaram que o negócio, fechado em 2005, causou um prejuízo de US$ 792 milhões à estatal, o equivalente a R$ 2,6 bilhões.

Segundo reportagem publicada nesta sexta-feira (15) pelo jornal Folha de S. Paulo, a decisão da Petrobras é parte da política de buscar ressarcimento pelos prejuízos causados por atos de corrupção, praticados por funcionários, políticos e empresas que mantinham contratos com a estatal.

A Petrobras explicou aos órgãos de controle que a decisão de recorrer à Justiça foi motivada pela delação premiada do ex-diretor internacional da estatal, Nestor Cerveró. Em seu depoimento, ele contou que funcionários da Astra Oil e da petroleira brasileira receberam um total de US$ 15 milhões em propina na compra da refinaria de Pasadena.

Leia AQUI a íntegra da matéria da Folha de S. Paulo.

Fonte: Site do PSDB

Link para ler no original: http://bit.ly/29IGKG7