Notícias

Prefeitura de Belém reforça limpeza e dragagem de canais

Mais de 306 km de canais foram limpos pela Prefeitura de Belém em 2016, com objetivo de melhorar o escoamento da água da chuva e combater alagamentos em toda a cidade. Dos quase 100 km de canais existentes em Belém e distritos, diversos trechos receberam limpeza mais de duas vezes nos últimos 12 meses. A cidade é administrada por Zenaldo Coutinho (PSDB). O serviço realizado durante o ano inteiro é reforçado nos meses de chuvas mais intensas na região.

Mais de 306 km de canais foram limpos pela Prefeitura de Belém em 2016, com objetivo de melhorar o escoamento da água da chuva e combater alagamentos em toda a cidade. Dos quase 100 km de canais existentes em Belém e distritos, diversos trechos receberam limpeza mais de duas vezes nos últimos 12 meses. A cidade é administrada por Zenaldo Coutinho (PSDB).

O serviço realizado durante o ano inteiro é reforçado nos meses de chuvas mais intensas na região. O trabalho consiste em reduzir os danos causados pela chuva e minimizar a interferência de temporais e maré alta com a limpeza permanente dos canais e comportas. Mais de 130 agentes de limpeza urbana atuam na manutenção do sistema de drenagem da cidade.

No Canal São Raimundo, localizado atrás no Planetário, no bairro Mangueirão, a Prefeitura realiza obras de readequação para melhorar a vazão da água. Parte do sistema de drenagem construído na Av. Augusto Montenegro com as obras do BRT está sendo direcionado para este canal.

“No momento da chuva intensa, quando há necessidade de que a água corra com mais rapidez, o canal precisa estar limpo e preparado para receber e escoar essa água. O lixo e a vegetação acumulados atrapalham o escoamento da água, podendo até causar alagamentos. Esse impedimento do fluxo nos momentos críticos de chuva é um problema”, atesta o diretor geral da Secretaria Municipal de Saneamento, Cláudio Mercês.

Esta semana, equipes da Sesan estão atuando na limpeza manual dos Canais Água Cristal, Caraparu, Novo Império, Mártir e Antônio Baena. Os agentes de limpeza trabalham para retirar vegetação, lixo e terra acumulada nos canais, com objetivo de garantir maior espaço de acumulação e melhoria da vazão da água da chuva.

O diretor da Sesan acrescenta que a limpeza da cidade precisa cada vez mais contar com a participação efetiva dos moradores. “A população precisa entender que descartar lixo na via pública e nas margens ou dentro de canais compromete seriamente o sistema de drenagem urbana, dificultando o escoamento da água e ocasionando alagamentos. O lixo descartado de forma incorreta é um sério problema ambiental”, alerta.

A dona de casa Durvalina Senna, 63, moradora da travessa Antônio Baena, diz que contribui para manter o canal limpo. “Sempre coloco o lixo no local certo no dia que o caminhão vai passar. Nunca deixo nada perto do canal para evitar alagamentos e até pra não chamar ratos e outros bichos. A Prefeitura limpa e cabe a nós moradores manter tudo assim limpinho”, comenta.

Nos últimos trinta dias, os Canais Ana Deusa, Gentil Bitencourt, Mundurucus, Tucunduba, Visconde de Inhaúma, Antônio Baena, Três de Maio, Honorato Filgueiras, Antônia Nunes, do Jacaré, do Una, Tamandaré, Doca e Reduto receberam serviços de limpeza manual para retirada de lixo e vegetação.

Até o final do ano, a Sesan programou ações de limpeza para os canais da Caripunas, Generalíssimo, Dr. Moraes, Quintino Bocaiúva e 14 de Março.

Da Prefeitura de Belém

Fonte: Site do PSDB

Link para ler no original: http://bit.ly/2hwU3Jt