Notícias

PSDB defende que votação do projeto de abuso de autoridade seja adiada no Senado

O presidente nacional do PSDB, senador Aécio Neves, afirmou nesta segunda-feira (05), após reunião com o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, que o PSDB entende que o Senado não deverá votar o projeto de lei que trata o abuso de autoridade (PL 280/2016) nesta terça-feira (06). “Há consenso no PSDB de que o projeto que trata de abuso de autoridade não deve ser votado amanhã pelo plenário do Senado”, declarou o senador.

Brasília (DF) – O presidente nacional do PSDB, senador Aécio Neves, afirmou nesta segunda-feira (05), após reunião com o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, que o PSDB entende que o Senado não deverá votar o projeto de lei que trata o abuso de autoridade (PL 280/2016) nesta terça-feira (06).

“Há consenso no PSDB de que o projeto que trata de abuso de autoridade não deve ser votado amanhã pelo plenário do Senado”, declarou o senador.

No último sábado (03), Aécio sugeriu que a mudança no projeto apresentada pelo juiz federal Sergio Moro poderá ter o apoio da bancada do partido. O artigo que o magistrado pretende incluir na proposta diz que “não configura crime previsto nesta lei a divergência na interpretação da lei penal ou processual penal ou na avaliação de fatos e provas”.

Fonte: Site do PSDB

Link para ler no original: http://bit.ly/2hdBeOa