Notícias

Quem ganhou dinheiro trabalhando não vai ajudar acusado de corrupção, diz tucano sobre fiasco de vaquinha pró-Lula

A campanha de financiamento coletivo “Por um Brasil justo para todos e para Lula”, lançada pelo PT com o objetivo de ajudar o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, atingiu pouco mais da metade da meta. Em 17 dias, a “vaquinha” arrecadou R$ 270 mil dos R$ 500 mil pretendidos. O valor será destinado às atividades da mobilização, que se dedica à defesa do ex-presidente durante o primeiro semestre de 2017.

Brasília (DF) – A campanha de financiamento coletivo “Por um Brasil justo para todos e para Lula”, lançada pelo PT com o objetivo de ajudar o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, atingiu pouco mais da metade da meta. Em 17 dias, a “vaquinha” arrecadou R$ 270 mil dos R$ 500 mil pretendidos. O valor será destinado às atividades da mobilização, que se dedica à defesa do ex-presidente durante o primeiro semestre de 2017. As informações são do jornal Folha de S. Paulo desta segunda-feira (26).

De acordo com a reportagem, o movimento denuncia a “manipulação arbitrária da lei” e um “vale-tudo acusatório” contra o petista. A página cita como um dos objetivos o rompimento do “cerco jurídico-midiático, fortalecendo o papel da blogosfera”.

Um vídeo da campanha mostra o ex-ministro de Lula Gilberto Carvalho afirmando que a perseguição ao ex-presidente e aos militantes sociais é no fundo uma “perseguição ao nosso projeto, uma perseguição aos pobres”.

Para o deputado federal Daniel Coelho (PSDB-PE), a campanha não passa de um “jogo de cena” do PT e a baixa adesão reflete principalmente a rejeição da população ao petista, que responde hoje a cinco ações penais no âmbito da Operação Lava Jato.

“Esses movimentos que o PT tem feito são muito mais para jogar para a plateia e fingir que não há dinheiro do que qualquer outra coisa. Não acredito que o cidadão comum, de bem, trabalhador vá doar dinheiro para defender alguém que cometeu crimes tão graves quanto os cometidos por Lula e o PT. Uma pessoa que ganhou dinheiro trabalhando não vai defender alguém que está envolvido em tantos atos de corrupção. Isso é muito mais um jogo de cena do que qualquer outra coisa e, mesmo assim, eles não conseguiram arrecadar o suficiente”, afirmou.

Lava Jato

No primeiro ato realizado pelo grupo, Lula se disse alvo de um “pacto diabólico” orquestrado pelos responsáveis pela Lava Jato. O tucano, no entanto, acredita que o pouco alcance da “vaquinha” demonstrou ainda o crescimento da percepção da importância da operação e da própria Justiça.

“A Lava Jato é aprovada pela maioria da população. As pessoas querem que os casos sejam finalizados, que se tenha respostas de quem tem culpa e quem não tem. E esse apoio nesse momento é muito importante. Foi um processo que se iniciou e precisa terminar para que as pessoas tenham o direito de saber o que de fato ocorreu nos últimos anos no país”, explicou Daniel Coelho.

Segundo a reportagem, a arrecadação foi feita entre os dias 7 e 24 de dezembro e contou com a contribuição de 2.381 pessoas. A maioria, 596, era de São Paulo. Os outros estados que mais doaram foram Rio de Janeiro, com 301 contribuintes, e Distrito Federal, com 256. Não foram feitas contribuições de empresas ou doações anônimas.

Fonte: Site do PSDB

Link para ler no original: http://bit.ly/2hZMJs6