Notícias

Os deputados Betinho Gomes (PSDB-PE) e Marcus Pestana, (PSDB-MG) fazem parte da Comissão Especial da Reforma Política.

Reforma política: Câmara reinicia debate com presença de tucanos

Instalada na Câmara dos Deputados nesta terça-feira (25), a Comissão Especial da Reforma Política, que deve analisar propostas de mudanças nas regras políticas e eleitorais, contará com dois integrantes do PSDB. O deputado federal Betinho Gomes, de Pernambuco, é titular no colegiado, e o deputado Marcus Pestana, de Minas Gerais, foi eleito 2º vice-presidente da comissão.

Reforma política: Câmara reinicia debate com presença de tucanos

Instalada na Câmara dos Deputados nesta terça-feira (25), a Comissão Especial da Reforma Política, que deve analisar propostas de mudanças nas regras políticas e eleitorais, contará com dois integrantes do PSDB. O deputado federal Betinho Gomes, de Pernambuco, é titular no colegiado, e o deputado Marcus Pestana, de Minas Gerais, foi eleito 2º vice-presidente da comissão.

Os debates deverão ser divididos nos temas de representação política, fortalecimento dos partidos, participação popular, financiamento partidário e de campanhas, além de assuntos secundários, como regras para comícios e regulação de pesquisas de opinião. Betinho Gomes afirma que a discussão é uma reação necessária aos resultados registrados na última eleição. Para o tucano, a sociedade deixou de comparecer em peso às urnas porque confia cada vez menos no sistema político atual.

“A sociedade dá sinais claros de que está em um ponto de distanciamento muito grande da política. O resultado das eleições mostra isso, que os eleitores estão deixando de participar cada vez mais do processo político. Então essa reforma política tem por objetivo central dar mais transparência e representatividade. É nisso que nós vamos nos pautar.”

A comissão planeja reunir proposições já existentes na Câmara dos Deputados sobre o tema. Entre os assuntos a serem discutidos, chegará nos próximos dias à Casa a proposta dos senadores Aécio Neves (PSDB-MG) e Ricardo Ferraço (PSDB-ES), que estabelece a cláusula de desempenho aos partidos políticos e o fim das coligações partidárias nas eleições para o Legislativo. Com um maior controle sobre o funcionamento de partidos, Betinho prevê uma grande aproximação com o eleitorado. Segundo o Tribunal Superior Eleitoral, há 35 partidos políticos registrados, e 27 com representação no Congresso Nacional.

“A questão da cláusula de barreira e o fim de coligações são temas que devem ser pautados e são temas que imagino que tenham apoio.Todos tem consciência de que a gente precisa fazer alguma modificação estrutural nesse sistema. Pelo ambiente que se formou na política nacional, todos compreendem que é necessário fazer uma movimentação mais consistente.”

Os próximos passos da comissão são a apresentação e votação do plano de trabalho. O colegiado voltará a se reunir no dia 8 de novembro.

Fonte: Site do PSDB

Link para ler no original: http://bit.ly/2eSjDqI