Notícias

Concorrência internacional: processo de concessão vai abranger 1.700 quilômetros de rodovias em trechos do Centro-oeste, Litoral-norte e Rodoanel Norte.

São Paulo: Alckmin lança programa de concessão de rodovias

O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), lançou nesta sexta-feira (4) um novo programa de concessão. De acordo com matéria do jornal Folha de S.Paulo, será a primeira vez que o processo será feito através de um leilão na Bovespa e serão entregues à iniciativa privada, através de uma concorrência internacional, trechos do Centro-oeste, Litoral-norte e Rodoanel Norte, totalizando mais de 1.700 quilômetros de rodovias paulistas.

São Paulo: Alckmin lança programa de concessão de rodovias

O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), lançou nesta sexta-feira (4) um novo programa de concessão. De acordo com matéria do jornal Folha de S.Paulo, será a primeira vez que o processo será feito através de um leilão na Bovespa e serão entregues à iniciativa privada, através de uma concorrência internacional, trechos do Centro-oeste, Litoral-norte e Rodoanel Norte, totalizando mais de 1.700 quilômetros de rodovias paulistas.

O edital do primeiro trecho – com 570 quilômetros de rodovias do Centro-oeste paulista que ligam as cidades de Florínea, na divisa com o Paraná, e Igarapava, no limite com Minas Gerais – foi publicado no Diário Oficial do Estado deste sábado (5). Segundo a Folha, o certame prevê contrato de 30 anos de concessão e o vencedor deverá investir R$ 3,9 bilhões, sendo R$ 1 bilhão em obras de ampliação principal, R$ 1,8 bilhão em restauração das estradas e R$ 516 milhões em equipamentos e sistemas. A abertura das propostas deverá ser feita em 22 de fevereiro de 2017.

Segundo Alckmin, o edital do próximo lote deve sair em dezembro e será chamado “Rodovia dos Calçados”, que ligará Iporanga, no sul do Estado, a Franca. Os outros dois editais de concessão do Rodoanel Norte e Litoral-norte de São Paulo deverão ser lançados no próximo ano. Atualmente, 6.900 quilômetros de rodovias paulistas são administrados por 20 concessionárias e receberam R$ 89 bilhões em investimentos entre 1998 e 2016.

Clique aqui para ler a íntegra da matéria.

Fonte: Site do PSDB

Link para ler no original: http://bit.ly/2eENpkt