Notícias

TRE torna ex-governador Agnelo Queiroz (PT-DF) inelegível por oito anos

O ex-governador do Distrito Federal Agnelo Queiroz (PT) se tornou inelegível por oito anos pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE) do DF. A punição se aplica também ao seu vice, Tadeu Filipelli (PMDB). Durante julgamento nesta quinta-feira (27), os desembargadores julgaram procedente a Ação de Investigação Judicial Eleitoral que acusava a dupla de “usar a máquina pública” do governo do DF durante as eleições de 2014, quando Agnelo buscava a reeleição.

O ex-governador do Distrito Federal Agnelo Queiroz (PT) se tornou inelegível por oito anos pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE) do DF. A punição se aplica também ao seu vice, Tadeu Filipelli (PMDB). Durante julgamento nesta quinta-feira (27), os desembargadores julgaram procedente a Ação de Investigação Judicial Eleitoral que acusava a dupla de “usar a máquina pública” do governo do DF durante as eleições de 2014, quando Agnelo buscava a reeleição.

O jornalista André Duda, ex-secretário de Comunicação de Agnelo e coordenador da campanha à reeleição, também foi condenado. Os envolvidos devem pagar R$ 30 de multa cada um e a inelegibilidade passa a ser contada a partir de 2014 – ou seja, os envolvidos não poderão se candidatar até 2022. Entre as irregularidades estão “publicidade institucional vedada de serviços não essenciais” no site e na página do Facebook oficiais do governo do DF e em inaugurações.

Clique aqui para ler a íntegra da matéria.

Fonte: Site do PSDB

Link para ler no original: http://bit.ly/2ejnk7M