Notícias

Tribunal de Contas reprova mais de 70% das obras tapa-buraco da gestão Haddad

Mais de 70% das obras para tapar buracos em São Paulo foram reprovadas pelo Tribunal de Contas do Município (TCM) e precisarão ser refeitas. Levantamento do órgão, obtido pelo jornal Bom Dia São Paulo, da Rede Globo, aponta que a prefeitura, comandada pelo petista Fernando Haddad, gasta por dia R$ 500 mil para fazer o serviço e, mesmo assim, os paulistanos convivem com a buraqueira nos 17 mil quilômetros de vias da capital.

Mais de 70% das obras para tapar buracos em São Paulo foram reprovadas pelo Tribunal de Contas do Município (TCM) e precisarão ser refeitas. Levantamento do órgão, obtido pelo jornal Bom Dia São Paulo, da Rede Globo, aponta que a prefeitura, comandada pelo petista Fernando Haddad, gasta por dia R$ 500 mil para fazer o serviço e, mesmo assim, os paulistanos convivem com a buraqueira nos 17 mil quilômetros de vias da capital.

De acordo com o jornal, o TCM realizou uma auditoria entre setembro de 2015 e fevereiro deste ano, e entre as irregularidades encontradas estão desde índice de compactação abaixo do aceitável, qualidade da massa asfáltica inadequada até deformações fora das especificações. Nenhuma das 30 amostras de asfalto coletadas nas regiões da Freguesia do Ó, Brasilândia, Casa Verde, Vila Maria, Vila Guilherme, Penha, Itaquera, Ipiranga, Capela do Socorro e Campo Limpo atendeu todos requisitos necessários.

Segundo o levantamento, não há evidência da presença de engenheiro responsável durante a execução da operação tapa-buraco, que é feita pela Usina da Prefeitura de São Paulo e aplicada por empresas contratadas. Além dessa falta grave, grande parte dos registros fotográficos não apresentava as três fotos obrigatórias, tiradas antes, durante e depois das obras. Para o TCM, “fica evidente a necessidade de melhoria na qualidade da mistura asfáltica e na sua aplicação, garantindo correto emprego do dinheiro público”.

Clique aqui para ler a íntegra da matéria.

Fonte: Site do PSDB

Link para ler no original: http://bit.ly/2gEI9iZ