Notícias

Tríplex de Lula no Guarujá pode ser leiloado por atraso no pagamento do condomínio

O tríplex do Edifício Solaris, no Guarujá (SP), atribuído ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, pode acabar sendo leiloado por atrasos no pagamento do condomínio. A taxa, de R$ 1.255,83 mensais, deixou de ser paga em dezembro do ano passado. Até julho, a dívida já somava R$ 9.105,39. O Ministério Público acusa a empreiteira OAS de ter reservado o apartamento para a família de Lula como pagamento de propina de contratos da Petrobras. Lula nega ser o dono do imóvel.

7 de outubro de 2016

Brasília (DF) – O tríplex do Edifício Solaris, no Guarujá (SP), atribuído ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, pode acabar sendo leiloado por atrasos no pagamento do condomínio. A taxa, de R$ 1.255,83 mensais, deixou de ser paga em dezembro do ano passado. Até julho, a dívida já somava R$ 9.105,39. O Ministério Público acusa a empreiteira OAS de ter reservado o apartamento para a família de Lula como pagamento de propina de contratos da Petrobras. Lula nega ser o dono do imóvel.

Segundo reportagem publicada nesta sexta-feira (7) pelo jornal O Globo, o Condomínio Solaris entrou com ação contra a OAS Empreendimentos para que a dívida do condomínio seja paga, incluindo os valores que vencerem durante a tramitação do processo.

O Código de Processo Civil prevê que a Justiça pode determinar o bloqueio do valor na conta do condômino. Se não houver dinheiro ou o pagamento não for feito em três dias, também pode ser pedida a penhora do imóvel. A decisão será tomada pela 2ª Vara Cível do Guarujá.

O apartamento destinado a Lula vale cerca de R$ 1,1 milhão, mas a OAS gastou com reformas e mobília. As obras, que incluíram um elevador privativo, custaram R$ 920 mil. Também foram instalados móveis personalizados e eletrodomésticos, por R$ 350 mil.

Leia AQUI a íntegra da reportagem do jornal O Globo.

Fonte: Site do PSDB

Link para ler no original: http://bit.ly/2d2w9GC