Notícias

Tucanos abrem segundo dia do Congresso da Juventude com debate sobre renovação de lideranças partidárias

Um debate sobre a renovação de lideranças partidárias abriu o segundo e último dia do 2º Congresso Nacional da Juventude do PSDB, que lotou o auditório do Centro Internacional de Convenções do Brasil. O painel foi coordenado pelas deputadas federais Mariana Carvalho (PSDB-RO) e Shéridan (PSDB-RR) e ainda contou com a participação de dois ex-presidentes da juventude tucana: Wesley Goggi, atual presidente do PSDB em Vitória, e Marcello Richa, hoje presidente do ITV-PR.

2 de julho de 2016

Um debate sobre a renovação de lideranças partidárias abriu o segundo e último dia do 2º Congresso Nacional da Juventude do PSDB, que lotou o auditório do Centro Internacional de Convenções do Brasil. O painel foi coordenado pelas deputadas federais Mariana Carvalho (PSDB-RO) e Shéridan (PSDB-RR) e ainda contou com a participação de dois ex-presidentes da juventude tucana: Wesley Goggi, atual presidente do PSDB em Vitória, e Marcello Richa, hoje presidente do ITV-PR. Os quatro destacaram os desafios da juventude na política, lembraram de suas experiências como jovens líderes tucanos e ressaltaram o papel que o PSDB tem na renovação da política nacional.

“Eu acredito muito naquela máxima de Martin Luther King que diz que pior que os erros dos maus é a omissão dos bons. Ela é uma máxima que condiz muito com a realidade atual, nesse momento de tanto desgaste que a gente vive na política nacional. A gente tem visto uma intolerância em todo lugar, mas acho que a maior expectativa, a maior esperança – e não é uma máxima demagoga ou porque estou em meio a muitos jovens – é de que a juventude constrói um novo momento e sim, que ela é a nossa esperança”, observou Shéridan.

Marcello Richa lembrou sua experiência como presidente da juventude tucana entre 2011 e 2015, ressaltando a força do PSDB em seu estado e as políticas públicas desenvolvidas pelas gestões tucanas ajudaram no desenvolvimento paranaense. “Nós temos que pensar hoje não apenas na renovação, na oxigenação dos nomes, como a Shéridan muito bem colocou, mas nas práticas, na forma como nos comunicamos com as pessoas hoje”, afirmou.

Para Mariana Carvalho, o Congresso da Juventude pode ser uma oportunidade para que os jovens tucanos se capacitem e aceitem o desafio de participar da vida política brasileira. Segundo a deputada, o país ainda sofre com uma baixa representatividade de jovens e de mulheres no Parlamento: “Hoje ainda, o nosso Parlamento tem um número reduzido de jovens e também de mulheres. Então estamos tentando, aqui, quem sabe, ser a referência e a motivação para muitos dos nossos jovens e das nossas mulheres para ocupar esses espaços. Esse é um ano muito importante, ano de eleição. E eu tenho certeza que muitos de vocês, aqui, serão candidatos. Ou tem alguns que estão com o coração ainda em dúvida se devem enfrentar esse desafio. Eu quero dizer a vocês que estão aqui hoje: aceitem esse desafio. O Brasil precisa da gente. As pessoas precisam de gente que gosta de gente. E aqui, dentro do PSDB, é onde temos essa juventude. Essa juventude que faz a diferença, essa juventude que acredita no país e num futuro melhor”.

Wesley Goggi também destacou a renovação das lideranças realizada pelo PSDB nos últimos anos. Na sua visão, os jovens dão fundamentais no caminho de mudanças que o país deve trilhar.

“Eu falo muito que, antes de tudo, é preciso a gente assumir um lado. A gente não pode perder nossas convicções por questões meramente eleitorais. E somos nós, os jovens, armados de ideias e paixões, os mais capazes de liderarmos as mudanças necessárias para o nosso país”, afirmou o presidente do PSDB-Vitória. “Eu nunca deixei de falar e defende o que eu acredito: que a gente tem a democracia no nome do nosso partido e a gente não pode se esquecer disso”, completou Goggi.

Fonte: Site do PSDB

Link para ler no original: http://bit.ly/29EnbdE