Notícias

Para o deputado federal Silvio Torres, proposta de João Doria (PSDB) sobre a criação do conselho é uma “nova maneira de ver a política”.

Tucanos aprovam criação de conselho de ex-prefeitos em SP

A iniciativa de criar um Conselho Superior formado por ex-prefeitos de São Paulo, proposta pelo prefeito eleito João Doria (PSDB), foi celebrada por importantes lideranças do PSDB paulista. Na avaliação do secretário-geral do PSDB, o deputado federal Silvio Torres (SP), a ação representa uma “nova maneira de ver a política” no país. O vereador Mário Covas Neto, presidente do diretório paulistano do PSDB, também elogiou a decisão de João Doria. Para ele, o Conselho Superior é “muito conveniente” por ser uma forma de valorizar o cargo de prefeito.

Tucanos aprovam criação de conselho de ex-prefeitos em SP

A iniciativa de criar um Conselho Superior formado por ex-prefeitos de São Paulo, proposta pelo prefeito eleito João Doria (PSDB), foi celebrada por importantes lideranças do PSDB paulista. Na avaliação do secretário-geral do PSDB, o deputado federal Silvio Torres (SP), a ação representa uma “nova maneira de ver a política” no país. O vereador Mário Covas Neto, presidente do diretório paulistano do PSDB, também elogiou a decisão de João Doria. Para ele, o Conselho Superior é “muito conveniente” por ser uma forma de valorizar o cargo de prefeito.

Anunciada por Doria na semana passada, a ideia foi alvo de elogios até mesmo de adversárias derrotadas pelo tucano no primeiro turno das eleições, como as ex-prefeitas Luiz Erundina (PSOL) e Marta (PMDB). Além delas, Doria convidou para o conselho os ex-prefeitos José Serra (PSDB), atual ministro das Relações Exteriores, Gilberto Kassab (PSD), e Paulo Maluf (PP), e o atual prefeito da cidade, Fernando Haddad (PT).

Para Silvio Torres, a formação do conselho é uma demonstração de que a gestão de Doria na capital paulista será diferente do que a cidade já viu até hoje. “Essa iniciativa confirma o que o Doria pregava na campanha: que vai ser um governo diferente. Um governo que tem a cidade como principal prioridade”, destacou.

“Acho que é perfeitamente possível fazer uma administração aberta, transparente e produtiva sem que precise isolar forças políticas que fazem parte de uma área, de um município, de uma região tão grande quanto é a capital. Eu acho que [a proposta] tem o simbolismo de mostrar que há uma abertura para quem queira ajudar São Paulo a superar os imensos desafios que tem”, emendou o parlamentar.

Ao anunciar a criação do Conselho Superior, na última terça-feira (18), Doria revelou que o grupo deve se reunir três a quatro vezes por ano, com o objetivo de discutir “os grandes temas e os grandes problemas e as grandes soluções para a cidade”. “Entendo que essa é uma forma republicana de administrar a cidade, onde cada um ofereceu a sua contribuição, o seu talento, o seu esforço”, ressaltou Doria, de acordo com matéria publicada pelo portal G1.

Na avaliação do vereador Mário Covas Neto, a contribuição dos ex-prefeitos na gestão de Doria, apesar das diferenças ideológicas e partidárias que possam existir, trará diversos benefícios a São Paulo, uma vez que os antigos gestores poderão compartilhar suas experiências na administração da cidade.

“Ouvir as pessoas que já tiveram experiências, bem ou malsucedidas, no passado, para você aplicar no futuro, é muito conveniente. Você ganha um pouco de história, um pouco de experiência, para você aplicar [na sua gestão]. Não se trata nem um pouco de coligação, não se trata de governo de coalizão, não se trata de nada disso. Se trata de você aproveitar um potencial de quem tem uma experiência para ajudar a aconselhar e a governar”, ressaltou o presidente do diretório municipal do PSDB em São Paulo. A opinião é compartilhada por Silvio Torres.

“Acho que os ex-prefeitos podem levar as experiências que tiveram e mostrar onde é que as coisas não andaram, onde tiveram as suas maiores dificuldades e, inclusive com essa iniciativa, o Doria pode evitar também uma oposição que seja sectária, porque está dando a oportunidade para quem quer fazer uma oposição pelo bem da capital, pelo bem da cidade, possa fazê-la com uma crítica construtiva”, analisou o deputado.

Fonte: Site do PSDB

Link para ler no original: http://bit.ly/2eGMEpU