Notícias

Tucanos prestigiam posse de Luislinda Valois

A posse da desembargadora aposentada  Luislinda Valois (PSDB) como secretária especial de Políticas de Promoção da Igualdade Racial (Seppir), realizada nesta quarta-feira (6) no Salão Negro do Ministério da Justiça, foi prestigiada por vários tucanos. Todos destacaram a história de vida da desembargadora, que em 1984 se tornou a primeira juíza negra do país, como um fator fundamental para o desenvolvimento de ações de combate à desigualdade racial no Brasil.

6 de julho de 2016

A posse da desembargadora aposentada  Luislinda Valois (PSDB) como secretária especial de Políticas de Promoção da Igualdade Racial (Seppir), realizada nesta quarta-feira (6) no Salão Negro do Ministério da Justiça, foi prestigiada por vários tucanos. Todos destacaram a história de vida da desembargadora, que em 1984 se tornou a primeira juíza negra do país, como um fator fundamental para o desenvolvimento de ações de combate à desigualdade racial no Brasil.

Entre os representantes do PSDB presentes na cerimônia destacaram-se o presidente nacional do partido, Aécio Neves; o líder da legenda na Câmara, Antonio Imbassahy (BA); a deputada federal Mara Gabrilli (SP); a presidente do PSDB-Mulher, Solange Jurema; e o presidente do Tucanafro, Juvenal Araújo.

Para Imbassahy, conterrâneo de Luislinda, a experiência da desembargadora é a prova de que ela é a pessoa certa para o cargo na Seppir: “Luislinda é uma mulher que orgulha a Bahia. Autêntica, resistente, lutadora, construiu uma história de vida excepcional. Agora, ocupa uma pasta importantíssima para a vida do brasileiro: a Secretaria Especial de Políticas de Promoção da Igualdade Racial. O PSDB se sente super bem representado por essa mulher valorosa, que vai mostrar, a partir de agora, mais ainda o seu compromisso, a sua dedicação, a sua intensidade, procurando sempre oferecer oportunidade para todos”.

A trajetória de vida de Luislinda também destacada por Solange Jurema. Para a presidente do PSDB-Mulher, a baiana vai desempenhar um papel fundamental na luta pela igualdade racial no país.“Tenho certeza de que ela vai fazer uma grande diferença na questão da luta de raça e etnia no Brasil. É uma mulher guerreira, que já lutou muito na vida e por onde passou deixou sua marca de resistência e de luta”, observou.

Na opinião da deputada Mara Gabrilli, Luislinda é a escolha “perfeita” para chefiar a secretaria. “Eu fiquei muito feliz, e ela tem uma forma de ser muito agregadora, muito inclusiva”, afirmou a parlamentar paulista. E acrescentou:“Ela tem uma experiência incrível, sabe o que ela fala, o que está fazendo, e acho que o Brasil está ganhando na questão da igualdade racial com ela”.

Juvenal Araújo acredita que a posse marca apenas o início de uma luta pelo fim da desigualdade racial no Brasil. Assim como os outros membros do PSDB, o presidente do Tucanafro também vê o caminho de dificuldades trilhado por Luislinda como uma prova de que a desembargadora terá sucesso à frente da Seppir.

“A história de Luislinda já fala por si só. Uma mulher negra, que realmente nasceu com todas as dificuldades de uma mulher negra, pobre, que mora na periferia e que além de se tornar desembargadora, hoje assume o maior posto ligado à questão étnico-racial”, afirmou. “Nós só temos que agradecer ao PSDB, ao nosso líder, o senador Aécio Neves, a todos os diretórios do Tucanafro que a apoiaram, a todos os segmentos do partido que também a apoiaram. Hoje é o dia de início de mais uma luta”, completou.

Fonte: Site do PSDB

Link para ler no original: http://bit.ly/29qkQU6