Notícias

Vitrine do governo Dilma, “Mais Médicos” volta a ser alvo de investigação

O programa Mais Médicos está na mira da Justiça novamente. O Tribunal Regional Federal (TRF) vai reabrir as investigações sobre possíveis irregularidades no acordo fechado entre o governo Dilma Rousseff e a Organização Pan-Americana de Saúde, que envolve o Mais Médicos. Segundo o TRF, há indícios de desvio de finalidade no uso dos recursos públicos. Somente pela União, foram desembolsados R$ 510 milhões para bancar os custos do programa.

30 de junho de 2016

O programa Mais Médicos está na mira da Justiça novamente. O Tribunal Regional Federal (TRF) vai reabrir as investigações sobre possíveis irregularidades no acordo fechado entre o governo Dilma Rousseff e a Organização Pan-Americana de Saúde, que envolve o Mais Médicos. Segundo o TRF, há indícios de desvio de finalidade no uso dos recursos públicos. Somente pela União, foram desembolsados R$ 510 milhões para bancar os custos do programa.

O TRF levou em consideração os argumentos apresentados pelo Ministério Público, que endossou as suspeitas de lesão aos interesses e ao erário público. Na avaliação do MP, os indícios nasceram a partir do descumprimento dos requisitos de conteúdo dos trâmites administrativos do programa.

Para o médico e deputado federal Raimundo Gomes de Matos (PSDB-CE), o Mais Médicos precisa de mais transparência para a população.

“Vários parlamentares, inclusive a base do PSDB, denunciava as manobras que estavam acontecendo com este programa no momento em que tinha uma triangulação dos recursos aplicados. Os médicos cubanos que se encontram no país afirmam que ganham de R$ 2 a R$ 3 mil. E o recurso que a União passa é de cerca de R$ 10 mil por profissional. Então, esse restante de dinheiro tá indo para quem? Porque para o profissional não é.”
O deputado Raimundo Gomes de Matos lamenta as denúncias e acredita que as supostas irregularidades foram usadas em prol de um projeto de poder.

“A descaracterização a falta de credibilidade do governo petista não é somente nas ações da Petrobras, em questão dos recursos da Petrobras. São em todas as áreas, em todos os antros. Então, o PT, infelizmente, prestou esse grande desserviço para o povo brasileiro. Para se manter no poder, ele quis usurpar do dinheiro público para se manter no poder. Quer dizer, a mentira tem pernas curtas, mentindo em vários lançamentos de programas que não se concretizaram.”

Fonte: Site do PSDB

Link para ler no original: http://bit.ly/2989Vi8http://bit.ly/2989Vi8