Números

Governos do PSDB estão entre os que mais garantem empregos para os jovens

Dois estados governados pelo PSDB estão entre os três que garantem mais empregos para os jovens. Dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) compilados pelo Instituto Paranaense de Desenvolvimento Econômico Social (Ipardes) apontam que, sob o comando do governador Geraldo Alckmin (PSDB), São Paulo registrou o melhor saldo de empregos do país para jovens de 18 a 24 anos – 94.185 vagas nos primeiros seis meses do ano.

Leia mais

Desemprego cai no mês de junho, diz IBGE

O desemprego no país ficou em 13% no trimestre encerrado em junho deste ano, alcançando 13,5 milhões de brasileiros. Os dados foram divulgados nesta sexta-feira (28) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A taxa caiu em relação ao trimestre encerrado em março, quando ficou em 13,7%, mas continua à frente dos dados levantados no mesmo período em 2016, quando o desemprego estava em 11,3%. Apesar do patamar elevado, o IBGE aponta que esse é o primeiro movimento significativo de redução da taxa de desocupação em quase três anos, o que pode ser considerado positivo.

Leia mais

Em mais um sinal de recuperação, confiança da indústria cresce em julho

Após a queda da prévia da inflação no mês de julho, registrada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) no Índice de Preços ao Consumidor Amplo 15 (IPCA-15), o mercado tem mais um motivo para ter esperanças na recuperação da economia. O Índice de Confiança da Indústria, medido pela Fundação Getulio Vargas (FGV), teve um crescimento de 1,2 ponto na prévia de julho, em comparação com o consolidado do mês anterior.

Leia mais

FMI rebaixa crescimento econômico da América Latina e Caribe

O Fundo Monetário Internacional (FMI) rebaixou levemente o crescimento econômico da América Latina e Caribe para 2017 e 2018 e vinculou a recuperação da atividade econômica à saída de Brasil e Argentina da recessão. A indicação é do FMI quando foi apresentado o relatório Perspectivas da Economia Mundial, publicado em abril passado. O FMI calcula que América Latina e Caribe crescerão em conjunto 1% em 2017 e 1,9% em 2018, cálculo que é 0,1% inferior, em ambos os casos, ao previsto há três meses.

Leia mais

Emprego na construção mostra sinais de recuperação

O setor de construção pesada, em São Paulo, deve parar de cortar funcionários, de acordo com o sindicato paulista da indústria. Esse ramo, que perdeu 12,5% dos postos de trabalho ao longo do ano passado, se manteve praticamente estável desde o fim de 2016, com apenas uma leve retração no primeiro semestre deste ano e dois aumentos consecutivos entre maio e junho. O deputado estadual Ramalho da Construção (PSDB-SP) ressalta como o momento inspira retomada econômica.

Leia mais

Crise econômica obriga 143 mil famílias a retornarem ao Bolsa Família

Os governos petistas podem acrescentar em sua conta mais um retrocesso causado por 13 anos de gestão incompetente. O aumento da taxa de desemprego, provocado pela pior crise econômica que já se instalou no país, obrigou 143 mil famílias a retornarem ao Bolsa Família. A fila de espera por uma vaga no programa assistencial também cresceu: passou de zerada, nos meses de janeiro e fevereiro deste ano, para as atuais 525 mil famílias, que agora aguardam pelo auxílio social.

Leia mais

Apesar da recessão, empresas revertem prejuízo

O primeiro levantamento completo sobre o desempenho das grandes companhias brasileiras em 2016 mostra que elas acusaram o golpe do segundo ano consecutivo de recessão. As mil maiores empresas que divulgam balanços tiveram uma queda real de receita líquida de 4% no ano passado – o crescimento nominal (não deflacionado) foi de 2,1%. Esses dados fazem parte da pesquisa realizada pelo Valor em parceria com a Serasa e a FGV (Fundação Getúlio Vargas) para a formação do ranking do “Valor 1000”, que será divulgado em agosto, trazendo também as empresas campeãs em 25 setores da economia.

Leia mais

Inflação tem queda em julho e é a mais baixa desde 1998

A recuperação da economia brasileira, passados os estragos causados pela má gestão petista, fica cada vez mais evidente com a análise dos últimos índices inflacionários. A prévia do Índice de Preços ao Consumidor Amplo 15 (IPCA-15) de julho, por exemplo, mostra uma queda de 0,18%, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). É o índice mais baixo desde setembro de 1998, e o menor para o mês de julho de 2003.

Leia mais

Herança petista: ABC Paulista perde 80 mil vagas de emprego em três anos

Uma das regiões mais importantes para a economia de São Paulo e do país, o ABCD Paulista sofre as consequências das políticas econômicas equivocadas desenvolvidas pelos governos do PT à frente do governo federal – e nos municípios que historicamente foram administrados por petistas. De 2014 para cá, a área formada pelos municípios de Santo André, São Bernardo do Campo, São Caetano do Sul e Diadema foi responsável por cerca de 80 mil vagas formais de emprego perdidas, de acordo com dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados, do Ministério do Trabalho (Caged).

Leia mais

Cesta básica já custa 18,9 salários mínimos na Venezuela

O caos gerado pela gestão ditatorial do presidente Nicolás Maduro tem feito com que a população venezuelana encontre extrema dificuldade até mesmo para comprar os itens mais básicos para sobreviver. Atualmente, o custo de uma cesta básica no país equivale a 18,9 salários mínimos. Apenas no último ano, o preço desses produtos subiu incríveis 343,2%, de acordo com informações publicadas nesta quinta-feira (20) pelo jornalista Clóvis Rossi em sua coluna na Folha de S. Paulo.

Leia mais