Números

Entre os países que participam do Brics, Brasil exibe os piores indicadores, consequência dos erros cometidos pelos governos do PT.

Brasil chega ao Brics com maior recessão, alto desemprego e pior inflação

O declínio da economia brasileira ocasionado pelos erros cometidos durante os anos de governo do PT levou o Brasil a chegar na 8ª reunião da cúpula dos Brics, que acontece a partir da próxima semana, com alguns dos piores indicadores entre os países que compõem o grupo. Com a economia fragilizada devido à forte recessão, o Brasil se destaca negativamente em pelo menos quatro rankings. Um deles é com o PIB, que teve retração de 3,8% em 2015.

Brasil chega ao Brics com maior recessão, alto desemprego e pior inflação
15 de outubro de 2016

O declínio da economia brasileira ocasionado pelos erros cometidos durante os anos de governo do PT levou o Brasil a chegar na 8ª reunião da cúpula dos Brics, que acontece a partir da próxima semana, com alguns dos piores indicadores entre os países que compõem o grupo. As informações são do jornalista Fernando Rodrigues.

Com a economia fragilizada devido à forte recessão, o Brasil se destaca negativamente em pelo menos quatro rankings. Um deles é com o PIB, que teve retração de 3,8% em 2015.  O Brasil também apresentou a maior taxa básica de juros (14,25% a.a.), a maior inflação acumulada em 12 meses (8,48%) e a 2ª maior taxa de desemprego (11,8%).

A dívida pública brasileira saltou 14,54 pontos percentuais de 2013 a 2015, o que nivela o Brasil ao mesmo patamar que a Índia em relação ao débito.

Estão na Índia para o encontro dos Brics o presidente Michel Temer e a comitiva presidencial composta por três ministros: José Serra (Relações Exteriores), Blairo Maggi (Agricultura) e Marcos Pereira (Indústria).

Clique aqui para ler a íntegra do texto no blog do Fernando Rodrigues no UOL.

Fonte: Site do PSDB

Link para ler no original: http://bit.ly/2dU4rKf