Números

A crise econômica instalada pelo governo Dilma deixou 12 milhões de desempregados e provocou um número recorde de ações trabalhistas.

Com a crise, Ministério do Trabalho recebeu 3 milhões de ações

A crise econômica instalada pelo governo da ex-presidente Dilma Rousseff deixou 12 milhões de brasileiros desempregados e provocou um número recorde de 3 milhões de ações na Justiça do Trabalho. De acordo com matéria do Jornal da Globo desta terça-feira (15), cerca de 10 mil pessoas recorrem diariamente ao Judiciário para tentar resolver problemas trabalhistas.

A crise econômica instalada pelo governo da ex-presidente Dilma Rousseff deixou 12 milhões de brasileiros desempregados e provocou um número recorde de 3 milhões de ações na Justiça do Trabalho. De acordo com matéria do Jornal da Globo desta terça-feira (15), cerca de 10 mil pessoas recorrem diariamente ao Judiciário para tentar resolver problemas trabalhistas.

Segundo a reportagem, somente até agosto deste ano, foram 2,7 milhões novos processos trabalhistas no país. Em 2015, 3,4 milhões foram parar na Justiça como meio de reaver verbas rescisórias e outros direitos que não receberam. Essas ações somaram 22,6% do total de processos no ano passado, já que muitos empresários não têm conseguido cumprir suas obrigações trabalhistas.

Clique aqui para ler a íntegra da matéria.

Fonte: Site do PSDB

Link para ler no original: http://bit.ly/2fVLRl1