Números

Com refeições a R$ 2, Restaurante Popular reabre as portas em Belém

Aos 49 anos de idade, Antônio Carlos dos Santos conta com orgulho como é sua rotina de vida. “Acordo antes das 5h da manhã, ajudo a arrumar a casa e encaminhar os filhos para a escola e depois saio para mais um dia de batalha. Faça chuva ou faça sol, venho vender meus bombons para ajudar no sustento da casa”. Seu trabalho é nas ruas do Comércio, no bairro da Campina, lugar que recebeu na manhã desta sexta-feira, 1º, a reinauguração do Restaurante Popular.

1 de julho de 2016

Aos 49 anos de idade, Antônio Carlos dos Santos conta com orgulho como é sua rotina de vida. “Acordo antes das 5h da manhã, ajudo a arrumar a casa e encaminhar os filhos para a escola e depois saio para mais um dia de batalha. Faça chuva ou faça sol, venho vender meus bombons para ajudar no sustento da casa”. Seu trabalho é nas ruas do Comércio, no bairro da Campina, lugar que recebeu na manhã desta sexta-feira, 1º, a reinauguração do Restaurante Popular.

Bombonzeiro há dois anos, o morador do bairro da Cabanagem diz que houve dias que nem almoçava, pois não tinha dinheiro suficiente para a comida. Presente na entrega do restaurante, Antônio Carlos não escondeu a felicidade. “Vou poder agora pagar R$ 2 para comer bem sem pagar muito. Tem coisa melhor”, indagou aos risos.

Ao lado de dezenas de outras pessoas, entre elas crianças, jovens, adultos e idosos, o bombonzeiro acompanhou a cerimônia de reinauguração do novo prédio que teve, ainda, a presença da banda musical da Guarda Municipal, representantes da Câmara Municipal de Belém, secretarios municipais, do Defensor Público do Estado, Fábio Nakata e do prefeito Zenaldo Coutinho e da vice-prefeita, Karla Martins.

Com nova estrutura, cozinha restaurada e modernizada, o restaurante irá servir a partir de agora 1.100 refeições todos os dias, no valor de R$ 2. Com porções balanceadas, hipocalóricas e com baixo teor de sal, o almoço servido atenderá o maior número de pessoas possível, incluindo todas as faixas etárias.

“Além do investimento financeiro, a obra tem um grande significado pelo seu valor social”, destaca Adinaldo Oliveira, secretário de Urbanismo. “O espaço recebeu piso novo, teve o revestimento de toda a área da cozinha e todo o sistema que compete à parte obrigatória da fiscalização de alimentos, renovados”, assegurou.

No total, a obra de reforma do Restaurante Popular que teve início em setembro de 2014, teve o investimento de R$ 916.704,53.

A coordenadora geral do Fundo Ver-o-Sol, Maria de Belém Pereira, agradeceu o esforço de todas as secretarias envolvidas no projeto e ressaltou a importância de manter o preço da refeição aos usuários. “A inauguração é festejada por toda a população que ganha, neste dia, uma opção de se alimentar com qualidade com um preço que não sofreu alteração, mantido o valor de R$ 2”.

“Agradeço a todos que trabalharam juntos para realizar este momento. Fico muito feliz em entregar esta obra e contribuir de maneira efetiva para uma alimentação de qualidade com preço justo”, declarou Zenaldo Coutinho.

O Restaurante Popular faz parte da política de promoção e inclusão social da Prefeitura de Belém, por isso está sob administração do Fundo Ver-o-Sol, que é um fundo municipal de solidariedade para geração de emprego e renda. O espaço está localizado na Rua Padre Prudêncio, no bairro da Campina, e funciona de segunda a sexta-feira, ho horário de 11h às 15h, com atendimento prioritário às 10h30 para idosos e pessoas com deficiência.

*Do portal da prefeitura de Belém

Fonte: Site do PSDB

Link para ler no original: http://bit.ly/29hZ9rs