Números

Datafolha aponta João Doria como candidato favorito dos paulistanos em todas as regiões e faixas de renda

Além de apontar o candidato tucano João Doria como líder isolado na disputa pela Prefeitura de São Paulo, com 30% das intenções de voto, pesquisa Datafolha divulgada nesta terça-feira (27) mostra que o tucano melhorou o seu desempenho em todas as regiões da cidade e entre todas as faixas de renda. Doria lidera até mesmo em bairros da periferia, redutos que anteriormente eram disputados pelos candidatos Celso Russomanno (PRB) e Marta Suplicy (PMDB).

28 de setembro de 2016

Brasília (DF) – Além de apontar o candidato tucano João Doria como líder isolado na disputa pela Prefeitura de São Paulo, com 30% das intenções de voto, pesquisa Datafolha divulgada nesta terça-feira (27) mostra que o tucano melhorou o seu desempenho em todas as regiões da cidade e entre todas as faixas de renda. Doria lidera até mesmo em bairros da periferia, redutos que anteriormente eram disputados pelos candidatos Celso Russomanno (PRB) e Marta Suplicy (PMDB).

Segundo reportagem desta quarta-feira (28) do jornal O Globo, só na região central de São Paulo, Doria tem 37% das intenções de voto, contra 14% de Russomanno, 12% do atual prefeito Fernando Haddad (PT) e 10% de Suplicy. Já nos bairros do extremo oeste da capital paulista, Doria deu um salto de 13% para 28% da preferência dos eleitores. Enquanto isso, Russomanno caiu de 37% para 33%, e Marta Suplicy, de 17% para 5%.

Nos bairros da Zona Leste, mais um crescimento expressivo de Doria: de 21% para 33%. Já Russomanno caiu de 32% para 24%, enquanto Marta foi de 15% para 11%. O candidato tucano repete o primeiro lugar nas cinco macrorregiões da cidade (Norte, Sul, Leste e Oeste, além do Centro).

Encomendado pela TV Globo e pelo jornal Folha de S. Paulo, o levantamento do Instituto Datafolha entrevistou 1.260 eleitores da capital paulista. A margem de erro é de três pontos percentuais, para mais ou para menos.

Leia AQUI a íntegra da matéria do jornal O Globo.

Fonte: Site do PSDB

Link para ler no original: http://bit.ly/2cWkGnS