Números

Em junho, Goiás registra superávit de US$ 398 milhões na balança comercial

No mês de junho, Goiás registrou saldo positivo de US$ 398 milhões na balança comercial, tendo exportado US$ 603 milhões, frente a importação de US$ 204 milhões, no mesmo período. Quando comparado ao mês anterior, as exportações sofreram uma variação positiva de quase 4%, enquanto as importações tiveram uma redução de 4,46%.

13 de julho de 2016

No mês de junho, Goiás registrou saldo positivo de US$ 398 milhões na balança comercial, tendo exportado US$ 603 milhões, frente a importação de US$ 204 milhões, no mesmo período. Quando comparado ao mês anterior, as exportações sofreram uma variação positiva de quase 4%, enquanto as importações tiveram uma redução de 4,46%.

Goiás contribuiu com 3,74% das exportações registradas na balança comercial brasileira. No primeiro semestre deste ano, foi registrada uma redução de 4,34% nas exportações em todo o País, quando comparado ao mesmo período do ano passado. No entanto, Goiás conseguiu manter-se em ascensão, tendo atingido 16,73% de aumento nas exportações entre janeiro a junho, quando comparado ao mesmo período de 2015.

Os principais produtos goianos vendidos a outros países em junho foram do complexo soja, carnes, ferroligas, sulfeto de cobre, ouro, açúcar, couro, amianto, produtos de origem animal, gelatinas e produtos farmacêuticos; tendo como principais destinos a China, Holanda, Coréia do Sul, Rússia, Espanha, Arábia Saudita, Itália, Índia, Reino Unido e Estados Unidos.

Importações
Os produtos farmacêuticos representaram a maior fatia das importações em junho, com 34% de participação. Completam a lista adubos e fertilizantes (17%); veículos automóveis e tratores, assim como suas peças (11%); caldeiras, máquinas e instrumentos mecânicos (9%) e produtos químicos orgânicos (5%). Os principais parceiros comerciais que venderam a Goiás foram Alemanha (16%), Estados Unidos (14%), Japão (10%), China (6%) e Rússia (6%).

O superintendente Executivo de Comércio Exterior, William O’Dwyer, celebrou os números positivos da balança goiana, lembrando ser este “o 30º mês consecutivo de superávit, o que reafirma a vocação de Goiás para o comércio exterior e reforça nossa balança comercial. Prova disso, são os primeiros resultados, quase imediatos das Missões, como a última ao Chile, em que a indústria Codelco não apenas confirmou o interesse em vir para Goiás, como já está buscando área para instalar uma unidade industrial em terras goianas”, comemorou O’Dwyer.

*Do portal do governo de Goiás

Fonte: Site do PSDB

Link para ler no original: http://bit.ly/29QFnn6