Números

Com investimento de mais de R$ 10 milhões, governo do Mato Grosso do Sul inaugurou 2 andares do novo prédio do Hospital Alfredo Abrão.

Governo de MS inaugura duas alas do Hospital de Câncer

Com investimento de mais de R$ 10 milhões, o governo de Mato Grosso do Sul, por meio da Secretaria de Estado de Saúde (SES), inaugurou, na tarde desta segunda-feira (17), dois andares do novo prédio do Hospital de Câncer Alfredo Abrão, em Campo Grande, onde vão funcionar desde salas para exames e laudos até consultórios. Integrada a essa estrutura está a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) que recebeu mais oito leitos nessa segunda-feira.

Governo de MS inaugura duas alas do Hospital de Câncer
18 de outubro de 2016

Com investimento de mais de R$ 10 milhões, o governo de Mato Grosso do Sul, por meio da Secretaria de Estado de Saúde (SES), inaugurou, na tarde desta segunda-feira (17), dois andares do novo prédio do Hospital de Câncer Alfredo Abrão, em Campo Grande, onde vão funcionar desde salas para exames e laudos até consultórios. Integrada a essa estrutura está a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) que recebeu mais oito leitos nessa segunda-feira. O hospital totaliza agora 20 UTIs que serão destinadas ao atendimento de urgência e emergência, de diversas especialidades, e aos pacientes de oncologia. O hospital recebeu ainda equipamentos de raios-x, mamógrafos digitais e ultrassons.

“Até agora, o estado já investiu R$ 10,2 milhões nas obras do hospital, já contabilizando os leitos e equipamentos. Esse valor é tudo que já foi gasto aqui, incluindo obras em outros andares que ainda receberão mais investimento e que ainda não foram inaugurados. Para a conclusão dos outros sete andares estimamos investir entre R$ 15 e R$ 20 milhões a mais”, afirmou o secretário de Estado de Saúde, Nelson Tavares.

No pavimento térreo, inaugurado nessa segunda-feira, irão funcionar a sala de procedimento, sala de coleta, atendimento ao público, oito novos consultórios e a administração. Já no subsolo haverá a área destinada a exames de imagens, sala de laudo e digitalização, além da UTI equipada com 20 leitos custeados pelo Governo do Estado com valor mensal de R$ 900 mil.

Em agosto deste ano, o governo já havia entregue ao hospital oito leitos de UTI, que antes contava com apenas quatro (totalizando 12). Hoje, com a entrega de mais oito unidades, o Hospital de Câncer está equipado com 20 UTI`s adulto.

Para o secretário de Saúde, esses novos leitos de UTI irão amenizar o estrangulamento do Estado no que diz respeito a vagas para Terapia Intensiva. “Existem 120 leitos de UTI (adulto) em Mato Grosso do Sul, com esses novos leitos podemos ajudar a curto prazo”, disse ele.

Durante cerimônia de inauguração, o governador Reinaldo Azambuja afirmou que o governo tem feito sua parte para reconstruir a saúde no estado. “Estamos fazendo a nossa parte, apesar das críticas. Estamos construindo uma lógica na saúde e que muitos não compreendem e isso engloba a estruturação de uma lógica regional para que as regiões possam atender seus pacientes. Assim como fizemos em Coxim, fortalecendo a hemodiálise, que passou a atender a pacientes que antes precisavam vir até a Capital”, lembrou.

O diretor-presidente do Hospital de Câncer, Carlos Alberto Coimbra afirmou que espera aumentar exponencialmente o número de procedimentos realizados no hospital. “Em 2014 realizamos 109 mil procedimentos e em 2015 foram 162 mil. Queremos chegar a 190 mil nesse ano”, disse.

De 48 leitos, o hospital passará a ter 240 unidades devido a construção do novo prédio. Para Coimbra isso irá impactar de forma direta na oferta de leitos no Estado e município.

*Do portal do governo de Mato Grosso do Sul

Fonte: Site do PSDB

Link para ler no original: http://bit.ly/2ekBpTM