Números

Salário do serviço público subiu três vezes mais que o privado em 13 anos

A diferença entre o aumento dos salários médios do funcionalismo público e o privado atingiu, em 13 anos, alarmantes 23%. Enquanto os funcionários públicos tiveram alta de 33% em seu rendimento entre janeiro de 2003 e janeiro de 2016, na iniciativa privada esse crescimento foi de apenas 10%. O levantamento foi feito com base em cruzamento de dados oficiais pelo consultor legislativo do Senado Marcos Köhler.

1 de outubro de 2016

Brasília (DF) – A diferença entre o aumento dos salários médios do funcionalismo público e o privado atingiu, em 13 anos, alarmantes 23%. Enquanto os funcionários públicos tiveram alta de 33% em seu rendimento entre janeiro de 2003 e janeiro de 2016, na iniciativa privada esse crescimento foi de apenas 10%. O levantamento foi feito com base em cruzamento de dados oficiais pelo consultor legislativo do Senado Marcos Köhler.

De acordo com o jornal O Estado de S. Paulo deste sábado (1º), o estudo comparativo confirmou as queixas do governo federal, governadores e prefeitos sobre o crescimento do custo da folha salarial dos servidores nas despesas públicas.

Em 13 anos, época em que os governos dos ex-presidentes Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff estiveram no poder, a disparidade média entre o que ganha um funcionário do Estado e um profissional do setor privado pulou de R$ 880 para R$ 1.650.

Enquanto isso, o governo do presidente Michel Temer tenta aprovar uma Proposta de Emenda Constitucional (PEC) que limita os gastos públicos a fim de atrelar o crescimento das despesas à inflação do ano anterior. A medida impediria, entre outras questões, aumentos reais do crescimento da folha de pagamento do serviço público, contendo assim a explosão dos déficits orçamentários que vem sendo registrada nos últimos anos.

Ainda segundo a reportagem, o levantamento de Köher, com dados compilados da Pesquisa Mensal de Emprego (PME), do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), mostram que o rendimento mensal médio em 12 meses do funcionário público era de R$ 2.897 no início de 2003. O crescimento, quase linear, só registrou três quedas no período, nos anos de 2004, 2014 e 2016, quando atingiu R$ 3.860 – alta de 33,24%.

Já na iniciativa privada, por sua vez, o crescimento dos salários foi mais lento e menor, subindo de R$ 2.012 no início de 2003 para R$ 2.210 em janeiro deste ano, um aumento de 9,84%.

A pesquisa também indica que a diferença entre o rendimento médio do setor público e o privado entre 2003 e 2016 quase dobrou, com intervalos de queda no segundo ano do governo Lula, em 2004, e no início do segundo mandato de Dilma Rousseff, em 2014. A diferença salarial entre as categorias de trabalhadores passou de 44% no início para 75%.

Clique aqui para ler a íntegra da matéria.

Fonte: Site do PSDB

Link para ler no original: http://bit.ly/2dM4w1y